Atualidades

Governo investe em estudo de células-tronco para doenças do coração

O Ministro da Saúde, Humberto Costa, anunciou nesta quarta-feira dia dois, durante solenidade no Instituto Nacional de Cardiologia de Laranjeiras (INCL), no Rio de Janeiro, o início de um grande estudo com células-tronco adultas para tratamento de doenças do coração.
    
Chamada de Estudo Multicêntrico Randomizado de Terapia Celular em Cardiopatias, a pesquisa envolverá grupos de portadores de quatro diferentes doenças: infarto agudo do miocárdio, doença isquêmica crônica do coração, cardiomiopatia dilatada e cardiopatia chagásica. Ela será patrocinada pelo Ministério da Saúde.
     
Pernambuco participará do estudo com dois Centros Colaboradores, que cobrirão as quatro doenças objetos do trabalho: o Instituto do Coração de Pernambuco/Real Hospital Português de Beneficência e o Hospital Universitário Oswaldo Cruz – UPE.
    
Os procedimentos para os tratamentos com células-tronco já foram passados aos dois centros de pesquisa. “No Hospital Português, está tudo pronto para o início dos estudos, que, em nossa instituição, envolverão seis coordenadores e outros 30 profissionais”, explica o dr. Carlos Roberto Moraes, diretor e cirurgião-chefe do Instituto do Coração. Segundo o cardiologista, a seleção de pacientes já começou.
    
Ao todo serão 40 doentes de isquemia crônica do coração e 50 de cardiomiopatia dilatada. Sessenta pessoas com infarto agudo do miocárdio serão pesquisados pelas duas instituições. Cerca de 50 pessoas com cardiopatia chagásica serão tratadas pelo Hospital Universitário Oswaldo Cruz.
     
Para cada paciente atendido, o Ministério da Saúde repassará R$ 10.500 às instituições participantes, para a cobertura dos gastos com procedimentos e exames.
    
Da Assessoria de Imprensa do Cremepe.
Com Informações do PE 360º.

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings