UFPE

Lika realiza curso em genética molecular e médica

Entre os próximos dias 13 e 23 de novembro o Laboratório de Imunopatologia Keizo Asami (Lika) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) estará realizando o curso teórico-prático em Genética Molecular e Médica.

Sob a coordenação do Dr. Sérgio Crovella, da Universidade de Trieste, Itália e do Dr. José Luiz de Lima Filho, da UFPE, o curso tem como público-alvo profissionais e estudantes de saúde e áreas afins, envolvidos com diagnóstico e instrumentação para análise clínica.

Serão 200 vagas para a teoria e 24 para a prática. As inscrições podem ser feitas até o dia 13 de novembro através do site www.lika.ufpe.br e a taxa de inscrição custa R$ 90,00 para o teórico e R$ 100,00 para o prático.

Outras informações pelo site ou através do telefone (81) 2126-8484.

Histórico – O Laboratório de Imunopatologia Keizo Asami (LIKA), órgão suplementar da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), foi implantado no campus com o objetivo inicial de desenvolver estudos acerca dos fenômenos envolvidos em doenças infecciosas e parasitárias dos trópicos.

Criado a partir de um acordo internacional entre os governos do Brasil e do Japão, o LIKA recebeu suporte da JICA (Japan International Cooperation Agency) – instituição responsável pela implementação de programas e projetos de cooperação técnica em países em desenvolvimento -, do Ministério da Educação e Desportos e da UFPE.

O Lika desenvolve pesquisas capazes de gerar procedimentos, tecnologias e produtos na área de cura e prevenção de doenças, que garantam uma melhor qualidade de vida das populações tropicais. Assim, são quatro os focos de atuação do laboratório:

• Diagnósticos (processos e métodos):
– Imunologia
– Patologia
– Bioquímica

• Estudo das doenças tropicais que se manifestam nos trópicos (como dengue, febre amarela e malária);

• Terapêutica (estudos farmacêuticos de medicamentos)
– vacinas
– fitoterápicos

• Microbiologia Aplicada
– Produção de alimentos.

Pesquisa – O LIKA hoje trabalha em conjunto com núcleos como o Centro de Ciências Biológicas (CCB) e o Centro de Ciências da Saúde (CCS) e apresenta propostas bem mais amplas em relação àquelas objetivadas nos primeiros anos de seu funcionamento. Contribuir para o desenvolvimento de uma sociedade com melhor qualidade de vida, no entanto, é o seu maior projeto.

O Laboratório de Imunopatologia Keizo Asami desenvolve pesquisas capazes de gerar procedimentos, tecnologias e produtos na área de cura e prevenção de doenças, que garantam uma melhor qualidade de vida das populações tropicais.

O LIKA possui hoje dez setores, o que abre um leque de pesquisas. No início, o Laboratório foi criado com o intuito de estudar apenas Doenças Tropicais, como ameba, filariose, esquistossomose, doença de Chagas e leishmaniose. No entanto, ele se expandiu e realiza, atualmente, estudos sobre Aids, vacinas, virologia, biotecnologia e vegetais.

Com o apoio de empresas, institutos e fundações e da atual direção do LIKA, o laboratório está conseguindo dar um salto de qualidade.

Da Assessoria de Comunicação do Cremepe.

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.