BRASIL | Fonte: Folha de Pernambuco

Em Brasília, governador veta distribuição na rede pública

Fonte: Folha de Pernambuco

BRASÍLIA (ABr) – O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, vetou o Projeto de Lei 41/2015, que incorporaria o canabidiol à lista de remédios da rede pública local para atender a pacientes com epilepsia. O governador disse que falta dinheiro para pagar medicamento.

Extraído da Cannabis sativa, o canabidiol vem sendo usado no combate de convulsões provocadas por diversas enfermidades, entre elas a epilepsia. Em janeiro de 2015, a Anvisa tirou o medicamento da lista de substâncias proibidas e o classificou como medicamento de uso controlado. Depois dessa medida, a Anvisa facilitou a importação do produto. A norma prevê que o paciente faça um cadastro na Anvisa para importar com maior agilidade um dos cinco produtos à base de canabidiol que atendem aos requisitos definidos pela resolução.

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings