CIDADES | Fonte: Jornal do Commercio

Campanha eleva autoestima de mães

Fonte: Jornal do Commercio

É com dedicação integral que as mães de bebês com microcefalia tomam conta de seus filhos, num ato que muitas vezes significa sacrificar o cuidado consigo mesmas. Ontem as mamães e cuidadoras que acompanham seus bebês no Centro de Reabilitação Menina dos Olhos, da Fundação Altino Ventura (FAV), na Iputinga, Zona Oeste do Recife, tiveram uma grata surpresa ao chegar à unidade de saúde. Na ação “Cuidando de quem cuida”, a FAV, com o apoio de parceiros, proporcionou a essas mulheres um dia especial dedicado aos cuidados com saúde e beleza.

O projeto nasceu a partir de demandas que surgiram no grupo de apoio que funciona no centro de reabilitação. As mães se queixavam de problemas na visão e tinham dúvidas sobre como poderiam se tratar.

Além de oferecer atendimento oftalmológico gratuito, a FAV presenteou as cerca de 120 mães atendidas ontem com óculos e lentes de contato, que serão doados pela Ótica Avvistare e pelo Instituto Varilux e terão fabricação da RX Laboratórios Óticos. A empresa de cosméticos Mary Kay participou da ação e ofereceu tratamento de beleza gratuito no local.

“Ter uma criança com microcefalia é muito difícil. O projeto se preocupa com essas mães, pois se elas não tiverem fortalecidas, física e emocionalmente, não terão estrutura para cuidar dessas crianças. Vão surgindo outras prioridades e essas mães acabam se deixando de lado. Nossa preocupação é de que a mãe não fique de lado, que a mãe se cuide e fique com uma autoestima elevada, já que isso será revertido positivamente para ela e para o bebê”, destacou a assistente social da Fundação Altino Ventura Camila Cabral.

“A campanha é maravilhosa, já que eu não tinha condições financeiras de comprar os óculos. Só soube que precisava usar quando fiz a consulta hoje (ontem). Foi o melhor presente que eu podia ganhar, vai me ajudar muito”, comemorou a dona de casa Dhulha Nascimento, 24 anos, mãe de Luiza Valentina, seis meses.

Para Girlânia Maria da Silva, 29, que participou da aula sobre cuidados com a pele, estar bem em relação à aparência ajuda a manter a confiança. “Não temos tempo para nada, só para levar nossos filhos às consultas. Ao nos sentirmos mais bonitas, elevamos nossa autoestima e ganhamos mais confiança.”

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.