COTIDIANO | Fonte: Folha de Pernambuco

Fotografia para aguçar empatia

Fonte: Folha de Pernambuco

Com 366 bebês com microcefalia confirmada e mais de 2 mil notificações, Pernambuco é o estado campeão nacional de casos. Foi também o primeiro a atentar para o surto da malformação. Mas, apesar da grande quantidade de casos, nem todos os pernambucanos aprenderam a tratar com respeito ou se conscientizaram quanto ao problema. Muitos pais, inclusive, ainda abandonamos filhos. Em afinação com o sentimento das famílias, o Governo do Estado lançou uma campanha para a sensibilização da sociedade. Desde ontem, fotografias mostrando o amor das famílias estão expostos pela cidade em duas modalidades: o frontlight (outdoors iluminados) e backbus (imagem atrás dos ônibus). Anúncios de jornal e revista, além de ações noturnas de walkmídia, internet, blogs e cinema. Comerciais também serão exibidos na grade de programação das TVs, com depoimentos e relatos de cada família participante.

A campanha “Em Pernambuco, quem nasce com microcefalia é recebido pela família com amor, pelo Estado com atenção e por todos com respeito” apresenta imagens clicadas pelo fotógrafo pernambucano Pio Figueiroa, com palavras como “macroamor”. Foram fotografados casos reais de famílias do Estado. A ideia não poderia ser mais pertinente. A acolhida social dos microcéfalos não tem sido fácil para a maioria das famílias. “Os bebês são vítimas de preconceito, olhares e comentários maldosos. Há páginas na internet que chamam nossos filhos de demônios, outras que usam a imagem deles para fazer comparações maldosas de crianças do Sudeste com as do Nordeste”, reclamou a presidente da União Mães de Anjos, Germana Soares.

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings