LOCAL | Fonte: Diario de Pernambuco

Os 163 anos do Real Hospital Português

Em comemoração aos 163 anos do Real Hospital Português, foi celebrada uma Missa de Ação de Graças conduzida pelo Arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, na capela do RHP, no bairro do Paissandu, na manhã de ontem. A diretoria médica, funcionários e convidados participaram ainda da sessão solene da entrega de medalhas aos homenageados pela instituição.

Para o provedor do Real Hospital Português, Alberto Ferreira da Costa, o hospital comemora os 163 anos cumprindo seu papel social. “Nós trabalhamos pela integralização do nosso povo e para servir a todos que nos procuram. Hoje a gente se sente um cumpridor dos nossos deveres atendendo aquilo para que nossa instituição foi criada. O hospital luta muito no investimento da saúde e todo resultado desta venda é investido no progresso e no atendimento dos pacientes”.

Foram contemplados com outorga da Medalha de Ouro da Instituição, o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, os empresários Domingos da Silva Moreira e Cyro Ferreira da Costa e Ricardo Brennand. Já o oncologista pediátrico, chefe do serviço de Oncopediatria do RHP e criador do Núcleo de Apoio à Criança com Câncer (NACC) Francisco Pedrosa, recebeu a Comenda de Excelência Médica.

“Pela minha carreira de oncologista, há 40 anos, quando comecei no Hospital Barão de Lucena, luto para que a criança com câncer tenha direito à vida, com dignidade e conforto. É um desafio muito grande, mas as coisas mudaram muito porque há 40 anos a mortalidade de uma criança com câncer superava 25% e hoje a possibilidade de cura chega a 80%. Vejo essa medalha como um reconhecimento do trabalho que venho desenvolvendo aqui nesse hospital”, comentou.

Neste ano, o Hospital Português inaugurou a Escola de Saúde, que iniciará as operações neste segundo semestre com o curso de técnico de enfermagem e recebeu investimento de R$ 15 milhões. Ainda foram construídos o Edifício Santo Antônio, que abriga o maior setor de hemodiálise do estado de Pernambuco, além do serviço de Nefrologia, leitos de UTI, hospital dia e setor de transplantes de rim, coração, medula óssea e fígado.

“Recife tem a tradição de ser um polo médico e o Hospital Português vem consolidando a vocação da cidade para serviço de saúde prestando um trabalho de muita seriedade. Também apresenta um crescimento tanto tecnológico como estrutural sendo um serviço que atende a população do SUS, como um importante parceiro do município nessa prestação de serviço especializado”, comentou o secretário de Saúde do Recife, Jaílson Correia.

Também presente no evento de comemoração, o ministro  Gilberto Occhi destacou o trabalho filantrópico realizado pelo Hospital. “Para nós, do Ministério da Saúde, esse é o mais importante hospital da região Norte/Nordeste do Brasil, principalmente em questões como transplantes, cirurgias e tratamento de nefrologia. Tudo isso feito para a população brasileira é muito importante e me sinto honrado em participar desta comemoração e digo aonde vou a referência de humanização que existe no Real Hospital Português”, afirmou.

Tags :
Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings