SES | Fonte: Assessoria de Comunicação do Cremepe

Entidades médicas prestigiam posse de André Longo secretário de saúde do Estado

Representantes das entidades médicas de Pernambuco – Cremepe, Simepe e AMPE – participaram na tarde desta quarta-feira (02/01) da posse da segunda gestão do governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), no Palácio do Campo das Princesas, área central do Recife. Para os próximos quatro anos de mandato o cardiologista André Longo assume a pasta da saúde substituindo o oncologista Iran Costa Júnior.

Participaram da solenidade o presidente e secretário geral do Cremepe, Mario Fernando Lins e Mário Jorge Lobo, o presidente do Simepe, Tadeu Calheiros, a presidente da Associação Médica de Pernambuco (AMPE), Helena Carneiro Leão e o conselheiro José Carlos Alencar.

O presidente do Cremepe acredita que esta será uma ” gestão bastante profícua e que chegaremos a um denominador comum em prol da medicina de Pernambuco” se referindo à trajetória do novo secretário de saúde que além de ter assumido o Instituto de Recursos Humanos de Pernambuco (IRH), passou pela Agência Nacional de Saúde (ANS) e presidiu o Conselho de Medicina (2008 até 2013) e Sindicato dos Médicos. “Longo é um grande companheiro, nós conhecemos ele e o mais importante é que ele nos conhece, sabe da lisura, do caráter e princípios que norteiam as entidades médicas” indicou Mario Lins.

Já novo secretário de saúde, em entrevistas para os jornalistas, destacou a importância de ampliar e qualificar a assistência, principalmente, a atenção básica. “Nós precisamos qualificar a atenção básica, a rede de cuidado que vem desde o básico até a alta complexidade. Qualificando essa linha de cuidados poderemos fazer melhor e garantir a proteção à saúde dos pernambucanos. Esse é um conceito: muito trabalho, muitos estudos técnicos para que a gente possa intervir em cada um dos problemas, corrigindo no menor prazo de tempo possível”, disse Longo.

Ele sinalizou ainda a necessidade de diminuir a sobrecarga nas grandes emergências e afirmou que já iniciou diagnósticos para cirurgias eletivas, compra e distribuição de medicações entre outros pontos. Por fim, destacou que Pernambuco é dos estado do nordeste o que mais investe em saúde e que pretende, em sua gestão, ter total alinhamento com as políticas do Ministério da saúde.

SOLENIDADE – Ao todo foram convocados 24 secretários e  três auxiliares diretos. Na cerimônia, um dia após a posse do governador reeleito Paulo Câmara, Nilton Mota, que volta a comandar a casa civil, firmou o compromisso em nome dos demais secretários. Depois, o chefe do cerimonial fez a leitura do termo de posse e o governador e os demais secretários assinaram o livro de posse. Nilton Mota ainda falou em nome de todos os secretários e, por fim, o governador faz o discurso de encerramento.

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.