OPINIÃO | Fonte: DIARIO DE PERNAMBUCO

Cirurgia Robótica

Rodrigo Brasileiro
Urologista – Fellow em Urologia pela Fundaciòn Puigvert-Barcelona-Espanha. Certificado em Cirurgia Robótica em 2016, pelo Memorial Hermman-Houston-Tx.

A história recente da cirurgia vem mostrando que cada vez mais nós, cirurgiões, tentamos nos tornar mais efetivos e ao mesmo tempo resolutivos, pouco invasivos e precisos. Esse é o caminho natural da evolução da cirurgia, caminho este que segue ao lado do avanço tecnológico crescente e incansável, que nos surpreende com feitos que até bem pouco tempo atrás parecia algo inalcançável e futurista, algo que parecia apenas caber em uma tela de filme de ficção científica.

A cirurgia laparoscópica assistida por robô, ou simplesmente cirurgia robótica, é o mais atual avanço na área da cirurgia e permitiu uma significativa redução da agressividade do trauma cirúrgico, com menor sangramento, mais rápida recuperação pós-operatória e melhor recuperação funcional com equivalência à cirurgia convencional, quando se considera a cura do câncer. A urologia foi a especialidade que primeiro comprovou a utilidade desta tecnologia para várias indicações, mais comumente para cirurgias da próstata e do rim. Hoje, nos EUA, onde os robôs cirúrgicos estão amplamente disponíveis, mais de 90% das cirurgias para o tratamento do câncer de próstata são realizados utilizando a técnica robótica.

Em 2008 foi realizada a primeira cirurgia robótica no país, estamos completando 10 anos da introdução de uma das técnicas mais revolucionárias da história da cirurgia moderna.

Existem atualmente cerca de 35 plataformas robóticas em atividade no Brasil, a maior parte em São Paulo, mas há outras em capitais do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco, Ceará, Paraná e Rio grande do Sul. O crescimento desse número de plataformas tem sido exponente, eram apenas cerca de 12 há 4 anos atrás. O número de cirurgias robóticas no Brasil cresceu cerca de 500% nos últimos 5 anos, tornando esse método cada vez mais disponível a custos cada vez mais baixos e acessível a número cada vez maior de pessoas. Atualmente a cirurgia robótica ainda não consta na lista de procedimentos da ANS e por isso ainda existe a necessidade do paciente complementar com parte do custo, que já foi bem maior, para custear materiais e equipe.
Pernambuco não poderia estar atrás, haja vista nossa tendência empreendedora e ligada aos avanços na área de tecnologia, exemplo disso o Porto Digital, um dos maiores centros de tecnologia da América Latina.

O sistema Da Vinci, atualmente utilizado, permite que o cirurgião tenha o controle intuitivo de todos os movimentos de forma bastante delicada, precisa e filtrando pequenas imperfeições como tremores do cirurgião por exemplo. A imagem gerada é de alta definição em 3-D 4K, permitindo ao cirurgião a sensação de estar dentro do abdômen. As manipulações das pinças cirúrgicas mimetizam os movimentos da mão humana, porém em miniatura, o que confere precisão e a possibilidade de chegar em locais aonde na cirurgia aberta não se chegaria, tudo isso ocorre com o cirurgião sentado de forma bastante ergonômica com os braços apoiados sob o console, permitindo a máxima performance dos movimentos.

Essas características permitem que a cirurgia ofereça menor trauma cirúrgico, precisão, menor sangramento, mais rápida recuperação geral, bem como melhora de recuperação dos resultados funcionais como: disfunção erétil e incontinência urinária.

Recentemente, Pernambuco foi contemplado com a aquisição do modelo mais moderno do robô existente no mercado, a plataforma Da Vinci Xi, ele chegou para a nossa equipe de cirurgiões robóticos do Hospital Português e traz algumas vantagens como rotação da câmera, calibre dos portais (o que diminui ainda mais as incisões) e braços robóticos mais finos, evitando choque entre eles durante a cirurgia. A nova plataforma Da Vinci Xi encontra-se em fase de instalação, parte da equipe já é treinada e já realiza cirurgias robóticas cotidianamente, mas parte precisará ser treinada e os primeiros casos do novo robô deverão ser realizados em breve.

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings