CasaSaudável | Fonte: JORNAL DO COMMERCIO

Alongue-se pelo bem do corpo e da mente

Todos nós devemos alongar os músculos. Esse deve ser um hábito não apenas para quem pratica exercício físico. Ao longo do dia, valem alguns minutinhos de pausa para se dedicar à atividade, que ganhou mais valia nas academias. Por quê? “O alongamento serve como prevenção de dores e problemas comuns a muita gente, como as lesões por esforço repetitivo (aquelas que afetam músculos, nervos, ligamentos e tendões)”, esclarece a profissional de educação física Carina Cabral, coordenadora do setor de ginástica do Clube 17, centro de treinamento localizado em Monteiro, bairro da Zona Norte do Recife. Ela acrescenta que o alongamento supervisionado por um profissional é sempre o mais indicado, mas ressalta que há algumas posições que podem ser realizadas durante as pausas do dia a dia, como Carina mostra nas fotos ao lado e abaixo.

“Os exercícios de liberação dos pés, como os da face plantar (sola), os alongamentos da lombar e do peitoral são essenciais especialmente para as pessoas que passam muito tempo em frente ao computador com postura inadequada”, destaca Carina, que conduz aulas de alongamento duas vezes por semana, em dois turnos. “Cada encontro tem cerca de 20 alunos. Essa procura nos faz perceber como a população passou a ter mais consciência da necessidade de se alongar. Muitos vêm por amor; outros, por dor”, diz a profissional, que também é professora de pilates, modalidade que une os benefícios do alongamento a outros ganhos para a saúde.

A especialista ressalta que o nocivo (e inativo) estilo de vida exige, cada vez mais, a realização de movimentos para diminuir a tensão dos músculos causada pela má postura e até lesões. “Ninguém mais se estica com muita frequência. O nosso corpo foi feito para ter elasticidade, mas a gente tem se engessado”, diz Carina sobre o fato de os hábitos de vida e excesso de trabalho limitarem nossos deslocamentos. “Isso leva as articulações a ficarem tensas pela falta de movimento.” Ela reforça a importância de darmos atenção aos pés. “São eles que nos suportam o dia inteiro. Por isso, alongá-los evita muitas lesões. Dá para movimentá-los até sobre um cabo de vassoura quando estamos sentados.” Ou seja, é hora de acabar com as desculpas para alongar o corpo e dar vigor à mente.

Médicos idosos

Aluno do Programa de Pós-Graduação em Neuropsiquiatria e Ciências do Comportamento da UFPE, o psiquiatra e psicogeriatra Rodrigo Silva defende, na sexta-feira (15), às 8h, na universidade, dissertação de mestrado que revela como médicos idosos envelhecem de forma bem-sucedida. O estudo destaca que a satisfação com a longevidade pode estar associada com resiliência (capacidade de lidar com adversidades) e maiores faixas de renda.

A baixa cobertura vacinal em foco

Cobertura vacinal é um dos destaques da programação do 5º Congresso Pernambucano de Pediatria, que será realizado de 27 a 30 de março no Mar Hotel, em Boa Viagem, Zona Sul do Recife. Discussões relativas à imunização também serão tema de curso pré-congresso. O debate é oportuno no momento em que o Brasil, incluindo Pernambuco, tem a baixa cobertura de vacinas como uma das principais ameaças para a saúde pública. Informações: conpedpe2019.com.br.

Segurança alimentar em discussão

Após a extinção, pela Medida Provisória 870, do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), um dos órgãos responsáveis por monitorar políticas de segurança alimentar e nutricional no Brasil, o Conselho Regional de Nutricionistas 6ª Região (formado por sete Estados, incluindo Pernambuco) se mobiliza contra o fim do órgão. A extinção reflete diretamente nas conquistas da participação popular no combate à extrema pobreza e à fome. Na quarta-feira (6), após reunião com representantes do Instituto Brasileiro em Defesa do Consumidor e do Consea, o presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Saúde Preventiva na Câmara dos Deputados, o parlamentar pernambucano Felipe Carreras, pediu a reativação do conselho ao dar entrada em emenda à medida provisória. No Recife, no dia 27, às 12h, será feito um banquetaço para chamar a atenção da sociedade para a questão. O ato será em frente ao Armazém do Campo, no bairro de Santo Antônio, Centro da capital.

Solidariedade

O Hemope já se mobiliza para ampliar as doações de sangue no período momesco. Com o lema Viva o Carnaval e acerte na solidariedade, a instituição busca sensibilizar a população para ampliar em 20% o número de coletas no período. Atualmente, dos 8 tipos sanguíneos, apenas um tem status estável. Outros seis estão com estoque baixo (crítico), inclusive o A+ (que é um dos mais necessitados) e o O+, que está em alerta. O Hemope é responsável por mais de 80% das coletas de sangue em Pernambuco e atende mais de 90% da demanda do Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2018, mais de 127 mil coletas foram realizadas pelos hemocentros estaduais. Para doar, é preciso ter de 16 a 69 anos e mais de 50 quilos. O Hemocentro Recife funciona de segunda a sábado, das 7h15 às 18h30, inclusive durante o Carnaval. Informações sobre postos de coleta no interior: 0800 0811535 e www.hemope.pe.gov.br.

Bariátrica

O Hospital das Clínicas (HC) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) é o 1º hospital do Brasil a ter residência médica em cirurgia bariátrica oficializada pelo Ministério da Educação. O processo seletivo é promovido pela Secretaria Estadual de Saúde. As inscrições estão abertas até a terça-feira (12). “A bariátrica se transformou numa área de atuação, dentro da cirurgia digestiva, pelo Conselho Federal de Medicina. Além disso, é importante no combate à epidemia mundial de obesidade”, explica o chefe da Cirurgia-Geral do HC, Álvaro Ferraz. Inscrições para o processo seletivo neste link: bit.ly/2UQttNU.

Mãetamorfose

Parto idealizado versus parto real é o tema do bate-papo promovido, no dia 20, pelo Espaço Mãetamorfose, voltado para promoção da saúde e bem-estar da mulher. O encontro, às 18h, será comandado pela psicóloga Josie Zecchinelli, que receberá a influenciadora digital Dulce Gayoso. O espaço abre as portas nesta terça, mas as inscrições para o bate-papo já podem ser realizadas gratuitamente. Na sexta (8), Dulce (idealizadora do Mãetamorfose, ao lado de Bruna Monteiro) participou de entrevista na TV JC e apresentou as atividades do espaço, no Pina, Zona Sul do Recife. Informações: 98183-1601 e 3125-5795.

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings