VIDA URBANA | Fonte: DIARIO DE PERNAMBUCO

Arboviroses crescem em cidades do Sertão

Fonte: DIARIO DE PERNAMBUCO

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) acendeu a luz vermelha para intensificar o combate ao mosquito Aedes aegypti no Sertão do estado. Os técnicos do Programa de Controle das Arboviroses identificaram um aumento no número das notificações em três das 12 regionais de saúde, todas no Sertão: Salgueiro, Afogados da Ingazeira e Arcoverde. Os dados coletados pela 7ª Gerência Regional de Saúde (Geres), sediada em Salgueiro, que reúne mais sete municípios, teve o maior aumento dos casos. Os dados apontam acréscimo 1.871% dos casos suspeitos de dengue em relação ao mesmo período do ano passado. O levantamento é relativo ao dia 2 de fevereiro deste ano. na mesma data em 2018, foram notificados sete casos de dengue. Neste ano já são 138. Houve ainda o registro de 14 casos de chikungunya contra três em 2018, e dois casos de zika, contra um no ano passado.

Também chama atenção as notificações na 10ª Geres, com sede em Afogados da Ingazeira. Em 2018, foram 8 casos suspeitos, enquanto em 2019 já são 26, um aumento de 225%. Em relação à análise da presença de larvas nos imóveis, os municípios de Cedro, Afogados da Ingazeira, Brejinho, Carnaíba e Tabira estão em risco de surto, ou seja, com alta probabilidade de adoecimento da população.

Até 2 de fevereiro foram notificados 855 casos de dengue em Pernambuco, uma redução de 39,1% em relação ao mesmo período de 2018. De chikungunya foram 129 notificações (- 56,7%) e 45 de zika (- 25%). “No estado como um todo o número diminuiu, mas em algumas Geres do Sertão houve um aumento nas notificações e estamos intensificando o combate do mosquito nessas regiões”, apontou Claudenice Pontes, gerente do Programa de Controle das Arboviroses.

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings