CIDADES | Fonte: JORNAL DO COMMERCIO

Mais de 1 milhão foram imunizados

Fonte: JORNAL DO COMMERCIO

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) divulgou, neste domingo (5), dados parciais alcançados por Pernambuco desde que o cerco contra a influenza foi iniciado, no dia 10 de abril, até o Dia D da campanha de vacinação, que ocorreu neste sábado (4). Segundo a pasta, neste período, foram aplicadas 1.119.488 vacinas do Litoral ao Sertão, quantitativo que representa 42,33% de um público composto por 2,6 milhões de pessoas. A meta da secretaria é imunizar pelo menos 90% desse grupo até o dia 31 de maio.

Neste momento, o público-alvo da campanha é formado por crianças entre 6 meses e 5 anos, 11 meses e 29 dias; gestantes, idosos (60 anos ou mais), puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, professores das escolas públicas e privadas e povos indígenas. Portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais também poderão ser imunizados, mas terão que apresentar prescrição médica, conforme recomendação do Ministério da Saúde.

Também é indicada a vacinação de adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional. Além disso, é aconselhável, de acordo com o Ministério da saúde, imunizar policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas. Estes, porém, devem apresentar documento comprobatório no ato da vacinação, assim como os professores e profissionais de saúde.

A campanha de vacinação em vigor visa proteger a população contra as influenzas A (H1N1), A (H3N2) e B, reduzindo as complicações, internações e mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus. Na edição de 2018 da ação, Pernambuco conseguiu atingir a meta de vacinação do do público-alvo.

42,33

é o percentual de pessoas vacinadas contra as influenzas A (H1N1), A (H3N2) e B desde o início da campanha até o sábado

2,6 mi

é o número total de pessoas no Estado que integram os grupos prioritários da vacinação, segundo a Secretaria de Saúde.

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings