PESQUISA | Fonte: Assessoria de Comunicação do CFM

CFM realiza pesquisa para identificar panorama da assistência a pacientes com câncer no Brasil

Com o objetivo de traçar um panorama sobre as condições de acesso ao diagnóstico e ao tratamento de câncer no Brasil, o Conselho Federal de Medicina (CFM) está realizando uma pesquisa, com médicos que atuam em diferentes níveis de atenção e complexidade nos serviços de saúde públicos e privados, sobre as condições de acolhimento de pacientes oncológicos.

A pesquisa será realizada via e-mail com 2.300 médicos, selecionados aleatoriamente e que terão garantidos o sigilo e o anonimato. As questões são simples e objetivas, sendo fundamental a participação franca e honesta da comunidade médica para que, com o levantamento gerado a partir dos dados informados, o CFM possa atuar, de modo estratégico, em favor de médicos e pacientes no combate e prevenção dos problemas relatados – bem como no aprimoramento de serviços.

Estima-se que serão necessários apenas 15 minutos para resposta completa da pesquisa, que será enviada aos médicos selecionados às terças e sextas-feiras e está disponível em plataforma desenvolvida pelo Conselho Federal com critérios de segurança que garantem ao médico a confidencialidade necessária à sua participação.

Para possibilitar a avaliação dos serviços nos três níveis de complexidade, baixa, média e alta, três grandes grupos receberão, via e-mail, o link de acesso ao formulário da pesquisa. O primeiro grupo, que corresponde a 77% do total de entrevistados, é composto por 1.771 médicos não especialistas e aqueles que com especialização em Medicina de Família e Comunidade, Clínica Médica, Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia.

O segundo grupo é formado por 241 médicos (10% do total) possuem contato primário com pacientes de câncer: especialistas em Coloproctologia, Dermatologia, Endocrinologia e Metabologia, Gastroenterologia, Hematologia e Hemoterapia, Mastologia, Pneumologia, Neurologia e Urologia. Já o terceiro e último grupo é composto por 288 médicos envolvidos nos cuidados específicos, como é o caso dos especialistas em Cirurgia Oncológica, Cirurgia de Cabeça e Pescoço, Cirurgia do Aparelho Digestivo, Cirurgia Geral, Oncologia Clínica, Neurocirurgia e Radioterapia.

Após a conclusão do levantamento, o CFM encaminhará a cada médico participante da pesquisa o relatório final com o panorama da assistência a pacientes com câncer no Brasil.

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings