CIDADES | Fonte: Jornal do Commercio

Para prevenir as hepatites virais

Fonte: Jornal do Commercio

O Parque da Jaqueira, na Zona Norte do Recife, recebe hoje uma ação de prevenção às hepatites virais. O mutirão é fruto da parceria entre o Instituto do Fígado de Pernambuco (IFP), o Núcleo de Assistência aos Pacientes Hepáticos (Naphe), as secretarias de Saúde do Estado e do Recife, além da Liga Acadêmica de Gastroenterologia e Hepatologia da Universidade de Pernambuco (UPE). Os atendimentos são gratuitos e vão das 9h às 16h, na Academia da Cidade, localizada dentro do parque.

No local, haverá vacinação contra a hepatite B e testagem para as hepatites B e C. Também serão fornecidas informações gerais à população sobre a doença e sua prevenção.

“A hepatite é uma doença inflamatória no fígado, que pode ser causada por vírus, por doenças genéticas ou ainda pelo consumo de drogas e álcool”, explica a médica Leila Beltrão, doutora em hepatologia e presidente do Instituto do Fígado de Pernambuco.

No dia 28 de julho é comemorado o Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais. Em janeiro deste ano, o presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 13.802, que institui o Julho Amarelo, mês destinado a chamar atenção para luta contra as hepatites virais, com objetivo de reforçar as iniciativas de vigilância, prevenção e controle da doença.

VACINAÇÃO

“Sempre digo que o fígado chora calado, você praticamente não tem sintomas específicos dessas doenças, por isso o acompanhamento médico é fundamental. A hepatite B tem prevenção e vacinação. Tanto a B quanto a C também podem ser tratadas”, esclarece Leila Beltrão.

No Brasil, as hepatites virais mais comuns são as causadas pelos vírus A, B e C. Segundo o Ministério da Saúde (MS), em 2017 (dado mais recente) o País registrou 40.198 casos novos de hepatites virais, sendo que 70% dos óbitos por hepatites são decorrentes da hepatite C, seguido da hepatite B (21,8%) e A (1,7%).

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings