Acesse a nova edição do jornal Medicina

Revalidação de diplomas, os perigos embutidos nas mudanças nas regras de trânsito, abertura de novas escolas médicas e o impacto da Resolução nº 2.173/17 sobre morte encefálica estão entre os destaques da nova edição do jornal Medicina. Também entram no rol de temas prioritários as eleições para conselheiros federais e assistência ao paciente com câncer.

Em seu número 292, a edição traz ainda o editorial reforçando o posicionamento da autarquia sobre o Revalida. No texto, o conselho editorial ressalta que nos países mais desenvolvidos do mundo, a prática da medicina é coisa séria e “autorizada apenas para aqueles que conseguem comprovar conhecimentos, habilidades e competências em exames criteriosos”.

“Ninguém critica essas exigências nessas nações por um motivo simples: a população e as autoridades reconhecem que afrouxar esses parâmetros é medida de alto risco”, apontam.

Já a Palavra do Presidente, assinada por Carlos Vital Tavares Corrêa Lima, destaca a crise na assistência obstétrica no Brasil e denuncia: Brasil possui 5.878 leitos obstétricos a menos, na rede pública, do que o preconizado pelo próprio Ministério da Saúde, por meio da Rede Cegonha. Para Vital, “a população e os médicos precisam contar com mais investimentos e uma gestão eficiente que consiga equacionar essas dificuldades”.

Atualize-se sobre os principais temas da Medicina brasileira. Acesse aqui o PDF.

Tags :
Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings