Escolas Médicas | Fonte: Assessoria de Comunicação do CFM

Saeme promove oficina de formação de avaliadores

Fonte: Assessoria de Comunicação do CFM

Nos dias 28 e 29 de junho, aconteceu a IV Oficina de Formação de Avaliadores do Sistema de Acreditação de Escolas Médicas (Saeme). A capacitação foi realizada no campus da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e contou com a participação de 20 estudantes e 40 docentes, além do grupo técnico do Saeme, de membros da comissão de acreditação (que acompanha, analisa e valida cada passo do processo) e representantes da Abem.

Segundo os organizadores, os novos avaliadores tiveram a oportunidade de conhecer mais profundamente o processo de acreditação do Saeme e compreender o papel fundamental do avaliador. Foi também uma oportunidade de troca de experiências, pois entre os novos avaliadores havia aqueles que vivenciaram o processo de acreditação nas suas escolas.

Saiba mais – O Saeme é um instrumento de avaliação de cursos de medicina capitaneado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Associação Brasileira de Educação Médica (Abem).

O papel do avaliador do Sistema é fundamental no processo de acreditação. A equipe de avaliação é formada por três professores, pelo menos um de área básica e um da clínica, e preferencialmente se inclui ainda um profissional de outra área da saúde e/ou educação, além de um estudante de Medicina. Este grupo é responsável pela coleta e análise de evidências apresentadas na autoavaliação e durante a visita ao curso de Medicina.

Há atualmente cerca de 52 estudantes avaliadores e 125 avaliadores docentes, selecionados e capacitados entre os 380 inscritos. A formação dos avaliadores inclui uma oficina presencial de dois dias, além do acompanhamento por um avaliador mais experiente durante a visita. Atualmente os avaliadores tem ainda a formação complementada por um curso online com oito semanas de duração.

“O número de cursos de Medicina inscritos no Saeme vem aumentando nos últimos meses, o que justifica a necessidade de ampliar o banco de avaliadores, somando esses novos avaliadores àqueles já formados anteriormente”, explica a secretária executiva do Saeme, Patricia Zen Tempski.

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings