Lives | Fonte: Leiaja

Cremepe faz lives de conscientização sobre suicídio.

Reportagem: Lara Torres Fonte: Leiaja

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco.

O Conselho Regional de Medicina do Estado de Pernambuco (Cremepe) promoverá lives sobre prevenção ao suicídio durante este mês de setembro, em alusão à campanha Setembro Amarelo, que tem como objetivo conscientizar a população a respeito do tema. Em 2020, a campanha terá um viés diferente do habitual, mais voltado a questões como isolamento, solidão, violência doméstica, luto, desemprego e problemas financeiros, que se tornaram mais fortes devido à pandemia de Covis-19.

As transmissões serão feitas através do canal do conselho no YouTube e também em sua página do Facebook, na próxima quinta-feira (17), às 19h, sobre a quarta onda da pandemia da Covid-19 envolve os impactos da doença na saúde mental da população. Na terça-feira da próxima semana (22), o tema será suicídio e no dia 24 de setembro, uma quinta-feira, o tema será “comportamento suicida: o que o clínico precisa saber”. Ambas as transmissões serão às 20h.

“O suicídio é uma emergência médica, por isso é importante alertar a comunidade a respeito dos números alarmantes que envolvem este problema. No mundo a cada 40 segundos acontece um suicídio. Isso é estarrecedor, é preciso agir”, afirmou a conselheira do Cremepe e médica psiquiatra, Milena França. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 800 mil pessoas se suicidam por ano em todo o mundo. No Brasil são quase 12 mil casos por ano e o aumento do risco de suicídio pode estar associado a fatores diversos, mas especialmente transtornos mentais (96,8%).

A pandemia de Covid-19 tem agravado a situação por ter servido de gatilho para desencadear ou agravar crises e transtornos mentais pré-existentes. De acordo o presidente da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), Antônio Geraldo da Silva, a pandemia tem efeitos diretos na saúde mental da população.

“Eventos estressores, como a pandemia, podem desencadear e/ou agravar os sintomas. Eles intensificam o medo, o sentimento de vazio, a angústia e a sensação de perda de forças, o que resulta no aumento dos sintomas. É necessário, portanto, buscar tratamento adequado antes que o quadro se agrave”, explicou ele.

Serviço:

Dias: 17; 22 e 24/09/2020

Horário: 19h e 20h, respectivamente

Canal do Youtube do Cremepe: https://www.youtube.com/user/Cremepe

Página do Facebook do Cremepe: https://www.facebook.com/cremepe

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings