Covid-19 | Fonte: Folha de Pernambuco

Fernando de Noronha registra mais cinco casos de Covid-19; total sobe para 138

Fonte: Folha de Pernambuco

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco.

Novas infecções foram confirmadas durante o fim de semana e já são 14 casos desde a reabertura total do turismo na ilha

O Arquipélago de Fernando de Noronha confirmou mais cinco casos de Covid-19 durante o fim de semana, segundo a Administração. Com os novos registros, o total geral desde o início da contagem subiu para 138. Desde a reabertura total do turismo na ilha, em 10 de outubro, são 14 novos casos.

No sábado (24), foram registrados dois infectados, uma funcionária de uma pousada e um empresário. Já no domingo (25), três passageiros de um voo fretado que chegou à ilha tiveram os resultados positivos notificados. Todos cumprem quarentena em isolamento domiciliar e Noronha agora tem 12 pacientes em recuperação.

No sábado, a Administração confirmou a volta da transmissão comunitária em Noronha. Esse tipo de contaminação não ocorria desde abril, quando o arquipélago fechou seu aeroporto.

Agora, a ilha contabiliza, ao todo, 138 registros da Covid-19 – sendo 83 casos locais e 55 casos importados. Do total, 126 pacientes já tiveram cura clínica confirmada. Noronha não registrou nenhum óbito decorrente do novo coronavírus.

O protocolo para o turismo em vigor exige que quem desembarca na ilha apresente resultado do teste da Covid-19. Quando o turista deixa o arquipélago precisa fazer um novo exame – esse segundo custeado pelo Governo do Estado.

Dycovid

A administração de Fernando de Noronha orienta todos os moradores a baixarem em seus celulares o aplicativo Dycovid. Essa também é uma exigência do protocolo para os turistas que entram na ilha.

O Dycovid rastreia casos positivos de Covid-19 e alerta os usuários sobre o risco de contaminação, caso tenham tido contato com alguém infectado. O aplicativo vai ajudar a controlar a circulação do vírus e aumentar a segurança de moradores e visitantes garantindo que a ilha permaneça aberta ao turismo.

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings