Entidades Médicas se reúnem com secretário de saúde do Estado

Nesta quarta-feira (18/11) as entidades médicas de Pernambuco – Cremepe, Simepe e AMPE – voltaram a se reunir com o secretário de saúde do Estado, André Longo e a secretária executiva, Cristina Mota, na sede do Conselho, seguindo todos os cuidados de distanciamento.

Na oportunidade, o secretário apresentou os números de casos do novo coronavírus divididos por semana endêmica. Para ele, a situação ainda é de “oscilações”. Ele apresentou um panorama dos casos por semana, explicou que nem todos os pacientes com a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) são Covid-19. “No Hospital Alfa, por exemplo, estamos tendo quase 50% de não positividade para COVID dos doentes que entram na unidade”, exemplificou.

De acordo com o secretário, a partir de 1º de junho com a saída do Lockdown e retomada das atividades de acordo com o plano de convivência, os números diminuem. “A partir dai você tem um decréscimo paulatino, lembrando que neste decréscimo, volta-se a conviver e os números caem. No pico você tinha quase 70% dos casos de síndrome aguda grave eram COVID”, mas agora, “nesta semana epidemiológica a 46, foi a melhor semana da série desde a escalada epidêmica” explicou. Em relação à mortalidade, em uma semana chegamos a ter 815 óbitos e hoje menos de 50% de óbitos de SRAG são diagnosticados como COVID-19.

O secretário também garantiu que os exames de SRAG estão sendo priorizados e os resultados estão saindo em até 48 horas. E para finalizar já indicou a ampliação de leitos para o atendimento COVID-19.

Também participaram da reunião os presidentes das entidades: Mario Fernando Lins, do Cremepe, Claudia Beatriz Câmara do Simepe e Helena Carneiro Leão da AMPE, bem como os diretores do Cremepe.

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings