Internacional | Fonte: Jornal do Commercio

Ásia e Europa mais restritas

Fonte: Jornal do Commercio

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

CORONAVÍRUSNovas infecções batemrecordes e países mais afetados endurecemisolamento; na Argentina, estudo traz esperança Com aumento no número diário de casos, a China colocou 11 milhões de pessoas na cidade de Shijiazhuang ao norte do país, em lockdown, conforme reporta a BBC. O bloqueio ocorre semanas antes do Ano-Novo Chinês. Os residentes do distrito de Gaocheng, em Shijiazhuang, considerado o epicentro do surto, agora não têm permissão para deixar sua área local. De acordo com último levantamento da Organização Mundial de Saúde (OMS), o país registrou cerca de 90 casos em 24 horas e uma morte, totalizando 97.217 contaminações e 4.795 óbitos. O país havia erradicado amplamente a pandemia graças a controles rígidos sobre viagens, uso de máscara, medidas de confinamento, mas nos últimos dias a quantidade de infecções tem aumentado. Ainda na Ásia, o primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, declarou nesta quinta-feira (7) um novo estado de emergência em Tóquio e sua periferia por um mês, devido à pandemia, em um momento em que o arquipélago, e em particular sua capital, registra recordes de contágio. Faltando pouco mais de seis meses para a abertura programada dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, adiados no ano passado por causa da pandemia, o estado de emergência corre o risco de esfriar ainda mais a população japonesa, em sua maioria a favor de um novo adiamento, ou mesmo cancelamento, dos Jogos Olímpicos. O estado de emergência, que atinge a capital e três regiões adjacentes, começará na sexta-feira e terá duração de um mês. Outras regiões, Aichi (centro) e Osaka (oeste), devem solicitar sua adesão ao plano. A região metropolitana de Tóquio, onde vivem quase 37 milhões de pessoas, 30% da população japonesa, concentra a maioria dos novos casos diários registrados em nível nacional. VELHO MUNDO Na Europa, de acordo com levantamento realizado pela Reuters, os casos de coronavírus ultrapassaram a marca de 25 milhões de contaminações nesta quinta-feira. Segundo os dados, o continente registrou pelo menos 25.016 506 casos e 559.863 mortes desde o início da pandemia. O Reino Unido e a Itália já anunciaram endurecimento das restrições na tentativa de conter a disseminação do vírus. Portugal, por sua vez, ampliará o toque de recolher e as atuais restrições de circulação em vigor em várias regiões para praticamente todo o restante do país neste fim de semana. O anúncio foi feito pelo primeiroministro Antonio Costa nesta quinta-feira (7). Um novo toque de recolher entrará em vigor a partir das 13h de sábado e domingo na grande maioria dos municípios do país, e os habitantes não poderão abandonar seu município de residência sem motivo válido. ‘Os números nos obrigam a ser muito prudentes no fim de semana’, destacou Costa. O país registrou quarta-feira um recorde de casos em 24 horas, com 10.027 novos casos confirmados. Portugal declarou o estado de emergência sanitária em 9 de novembro. Suavizou as medidas durante as festas de Natal, mas voltou a endurecê-las na véspera de Ano Novo.

Tags :
Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings