Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Dengue: mais duas mortes confirmadas

A dengue fez mais duas vítimas fatais em Pernambuco em menos de uma semana. A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). Agora, o número de mortes pela doença subiu de sete para nove no Estado. Um dos casos ocorreu em Água Preta, na Zona da Mata Sul, e se caracterizou como o primeiro da região. A outra vítima foi em Jaboatão dos Guararapes e é a segunda na cidade neste ano. Além disso, a SES ressaltou que o 3º Levantamento Rápido do Índice de Infestação de Aedes Aegypt (LIRAa) apontou o avanço da enfermidade. O estudo mais recente mostra que 91 municípios estão em risco de surto. Isso significa dizer que, nessas cidades, a cada cem casas quatro ou mais imóveis têm larvas do mosquito.

Outras 67 localidades estão em situação de alerta com razão de 1 a 3,9 casas a cada cem. Os municípios com índice satisfatório, ou seja, com menos de uma casa infestada, são apenas 21. Já outras cinco cidades (Casinhas, Itaíba, Itapissuma, Lajedo e São José da Coroa Grande) não informaram ao LIRAa ainda. No levantamento anterior eram 83 municípios em risco de surto, 78 em alerta e 23 satisfatórios.

“O aumento do LIRAa nos deixa assustados porque esperávamos uma queda diante de tantas campanhas e mobilização social. É muito mosquito. Observamos que, por mais que a gente esteja colocando na mídia e informando, ainda há muitos municípios que têm intermitência de água e com necessidade de armazenamento. E esse armazenamento inadequado é que gera o depósito positivo da larva”, comento a coordenadora do Programa de Controle da Dengue da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Claudenice Pontes.

Para combater a proliferação do mosquito, é primordial que a sociedade colabore eliminando focos. Até o dia 30 de maio já são 55.404 casos de dengue notificados no Estado e 14.631 confirmados. Isso representa um aumento de 502,48% em relação ao mesmo período de 2014, quando foram 9.196 casos suspeitos e 3.782 confirmados. As cidades do Recife (com 12.024 casos de dengue suspeitos), Camaragibe (2.736), Jaboatão dos Guararapes (2.430) e Goiana (2.139) somam 34,89% casos notificados neste ano.

Em relação às duas novas mortes confirmadas nesta semana, a primeira foi uma mulher de 47 anos, em Jaboatão. Já em Água Preta, a primeira vítima fatal da Mata Sul foi uma mulher de 20 anos. Outras cidades onde já houve confirmações de óbito por dengue foram Macaparana, Paulista, Serrita, Surubim Recife. Ainda estão em investigação 18 mortes e outra seis foram descartadas pela SES. No mesmo período de 2014 foram 31 óbitos suspeitos e 26 confirmados.