Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

A corrida dos vencedores

Primeira Corrida da Inclusão reúne 100 participantes no Festival Esportivo da Pessoa com Deficiência, em Boa Viagem

“Para uma pessoa com deficiência, praticar esportes é uma convergência entre o individual e o social”, definiu a cadeirante Vasti Araújo, 56 anos, após receber sua medalha de participação na primeira Corrida da Inclusão. A prova aconteceu ontem, no Centro de Esportes e Lazer Alberto Santos Dumont, em Boa Viagem, durante o Festival Esportivo da Pessoa com Deficiência.

O festival, que teve a presença de aproximadamente 300 pessoas, foi realizado dentro da programação da 14ª Semana Municipal da Pessoa com Deficiência, promovida pela Prefeitura do Recife, que segue até 30 de agosto.

A corrida teve largadas para deficientes físicos, visuais e intelectuais, e reuniu 100 participantes ao todo. Os participantes também puderam praticar outras modalidades adaptadas, como bocha, badminton, tênis de mesa, capoeira e basquete. “Minha neta tem deficiência intelectual e, graças a eventos de inclusão como esse, hoje ela é medalhista em natação, uma campeã. A minha saúde é a saúde dela. Nada compra essa alegria”, disse Maria das Graças, 60, avó de Joana Freitas, 14.

Durante o evento também foram oferecidas atividades como oficinas de brinquedos e orientações de higiene bucal. “Promover inclusão não é fácil, mas é muito necessário para que vivamos bem em sociedade”, afirmou Rosália Cavalcante, 44 anos.

Bicampeã paralímpica no arremesso de disco, a chefe da Divisão de Paradesporto da Prefeitura do Recife, Suely Guimarães, declarou-se emocionada com o resultado do evento. “Vou continuar lutando para que tenhamos uma sociedade mais inclusiva.”