Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Presidente do Lions elogia atuação no Recife

São cerca de 1,5 milhão de leões espalhados em mais de 200 países. O Lions Clubs International é a maior organização de serviços do mundo. Conhecida por combater a cegueira, a entidade também é sinônimo de solidariedade e reconhecida por ajudar comunidades esquecidas pela população. No mundo, são mais de 46 mil clubes. No Recife, o número chega a quase 20. O presidente mundial da Lions, o neurocirurgião Jitsuhiro Yamada, visitou a Capital pernambucana nos últimos dias e avaliou positivamente o trabalho voluntário desenvolvido na Região Metropolitana. Ele foi em uma das instituições assistidas pela associação, “Nossa Escola”, comunidade das Carolinas, em Jaboatão dos Guararapes.

“Os quase 1,5 milhão de leões no mundo têm uma organização muito grande. São entidades humanitárias que realizam atividades de ação social”, explicou Yamada, que também é diretor executivo da Associação de Hospitais do Japão. Ele ainda ressaltou que, por ser a maior entidade de voluntários do mundo, o Lions tem que executar ações que sirvam de modelo para demais entidades sociais. “Principalmente este ano, o tema dado pelo Lions é a dignidade da criança. Nesse sentido, a entidade que visitamos no Recife está desenvolvendo uma atividade maravilhosa”, elogiou o presi dente mundial da Lions.

Em todo o País, avalio Yamada, a obrigação de da suporte às crianças de rua é do Estado. “Mas nem sem pre o governo pode realizar. É onde entra a ação do Lions. O Lions estendeu mão aonde não chegava a luz do governo. Vi aqu ações maravilhosas send executadas pelos leões d Recife”, afirmou. Por causa da crise econômica que te afetado o Brasil nos últimos meses, o ex-diretor mundial da Lions, Fabrício Oliveira comentou que as doações em todo o mundo foram afetadas em pelo meno 10%. No entanto, acrescentou os leões e voluntário são muito participativos “Quem doa tem um coração bondoso. Não tem sido crucial a queda nas doações” garantiu Oliveira.