Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Crise da saúde mental em debate no Cremepe

A crise da assistência em saúde mental no Estado será tema de reunião extraordinária convocada pelo Conselho Regional de Medicina  (Cremepe) nesta tarde de segunda-feira (31/08).

Médicos e residentes do Hospital Psiquiátrico Ulysses Pernambucano estarão presentes, a partir das 14h, na sede da entidade, no Espinheiro, para debater com o setor de Assistência da  Secretaria de Saúde de Pernambuco soluções para o serviço, que está superlotado e com sérios problemas estruturais.

Para o Núcleo de Luta Antimanicomial, a crise no HUP é reflexo da falta de prioridade à rede de atenção psicossocial, que inclui desde a falta de Caps e residências terapêuticas municipais à centralização da emergência psiquiátrica no Ulysses. O antigo Hospital da  Tamarineira é o único em todo o Estado nessa área, embora a reforma psiquiátrica preconize o atendimento também em hospitais gerais.

Nas duas semanas anteriores, vigilantes chegaram a suspender atividades, ampliando a insegurança para trabalhadores e pacientes. Há problemas no prédio e presença de muitos gatos, além de relatos de agressão em decorrência do déficit de profissionais.

Faltam medicamentos e materiais. Na fiscalização realizada pelas entidades médicas do Estado, a unidade de saúde atingiu o conceito “E”, por causa da estrutura deficitária e péssimas condições para o exercício ético profissional. O hospital possui cerca de 120 leitos para internamento, além de 25 leitos para internação de observação na área da urgência.