Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Conferência sem resultado

Num momento de crise como o atual, lutar para fortalecer o Sistema Único de Saúde é obrigação de quem usa e trabalha nele. Muitos já deixam planos privados para se juntar à maioria que só depende do serviço público. E o SUS precisar estar inteiro, bem financiado e administrado para socorrer a todos. O melhor espaço para defendê-lo são as conferências de saúde, momento legítimo de reunião dos usuários, trabalhadores e gestores. Pena que muita gente desperdiça tempo e ocasião. Parece ter sido assim na 8ª Conferência Estadual de Saúde realizada na semana passada e de onde militantes contam ter saído frustrados com as brigas para viajar a Brasília por interesse pessoal, e não exatamente para defender o SUS na conferência nacional, em dezembro. Uma nova plenária vai acontecer nos dias 19 e 20 para completar o que a estadual não fez em três dias, que era sugerir caminhos e soluções.

O desabafo da homenageada

JC – Como avalia o momento do SUS e a participação social?

VERA BARONI – Ainda não conhecemos a plenitude do SUS e vivemos momento preocupante, pela gestão terceirizada. O SUS foi construído numa ética do direito à saúde que não pode acolher a mercantilização. É vergonhoso o que acontece com a saúde em Pernambuco. O Estado está quebrado, com serviços desabastecidos e trabalhadores em estado de tensão. Os movimentos sociais precisam se fortalecer. Muitas pessoas fizeram o jogo do poder e outras não se dão conta do que é fazer o real controle social.

*Militante histórica do SUS e homenageada na Conferência Estadual de Saúde

Eu reclamo!

Pacientes dos ambulatórios, das enfermarias e egressos de cirurgia do Hospital Getúlio Vargas estão sem exames de imagem e laboratoriais. A Unineuro não vem recebendo pagamentos do Estado e, por isso, teria suspendido a prestação do serviço. Há doentes esperando tomografia e ressonância. Também faltam reagentes no laboratório do HGV”, denuncia a Associação de Defesa dos Usuários do SUS (Aduseps)

Resposta

O Hospital Getúlio Vargas (HGV) alega que vem dialogando com a Unineuro e já está regularizando o pagamento da empresa para a retomada dos serviços. Também providencia o reabastecimento do laboratório, informa a Secretaria Estadual de Saúde.

Tratamento de mieloma ameaçado

Associação de Hematologia alerta para falta de remédio lenalidomida em Pernambuco. Secretaria de Saúde alega que está regularizando as compras.

Aedes existia há 30 milhões de anos

Fóssil desse tempo é uma das atrações da Mostra Dengue, da Fiocruz, que abre segunda no Espaço Ciência. Vídeos do JC também serão exibidos.

Compartilhe

Mestrado

Terminam hoje as inscrições para o mestrado profissional da Faculdade Pernambucana de Saúde. O curso é voltado ao ensino nessa área. As aulas começam mês que vem. Informe-se no site da entidade: www.fps.edu.br.

Odonto

A Pós-Graduação em Odonto da UFPE seleciona diabéticos para implantes dentários. Escreva para implantediabetesufpe@gmail. Já o Instituto Tavares Vieira fará triagem segunda e terça para ortodontia. Agendamento: (81) 3268-1568.

Humanização

A Pastoral da Saúde abre hoje, em São Lourenço, congresso sobre humanização. Reunirá colaboradores do Nordeste para discutir como ajudar pacientes do SUS. Seguidores, na cidade, promovem campanha sobre hanseníase.

Outubro Rosa

A Prefeitura do Paulista oferece hoje, às 9h, na Praça João XXIII, Centro, mamografia. No Recife o mamógrafo móvel estará em postos da Mangabeira, Santo Amaro, Córrego da Areia e em Brasilit. É a prevenção do câncer de mama.