Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Seminário de atenção à pessoa com Parkinson

A Associação de Parkinson de Pernambuco (ASP-PE) promoverá nas próximas quinta e sexta-feira, o I Seminário de Atenção Integral à Pessoa com Parkinson, no Auditório da Universidade Católica (Unicap). O intuito do projeto é orientar as pessoas que têm a doença e fazer com que a população conheça o trabalho da ASP. No seminário, serão abordados os principais cuidados que o paciente, familiar ou cuidador da pessoa com Parkinson devem tomar. De acordo com Tereza Veloso, presidente da associação, é importante sempre lembrar da necessidade do tratamento integral. Ou seja, o paciente deve buscar também a consulta em outras especialidades (nutricionista, dentista, ginecologista), além da neurologia.

“O evento contará com 11 palestrantes, dentre eles psicólogos, nutricionistas, ginecologistas, profissionais da Farmácia do Estado, do município e da Farmácia Popular, que falarão sobre os locais que os diagnosticados com a doença podem buscar remédio, prevenção e tratamento”, disse. Pacientes que têm Parkinson e que fazem o tratamento na ASP também darão seu testemunho sobre o quanto a busca aos cuida dos integrais é importante. O término do encontro contará com a comemoração aos 14 anos da associação, homenagem aos voluntários da instituição e, por fim, apresentação e posse da nova diretoria da instituição.

DOENÇA

O Parkinson é um distúrbio nervoso neurológico que afeta o cérebro. A doença atinge principalmente pessoas idosas e é caracterizada por provocar tremores que comprometem a coordenação motora e a locomoção. Se manifesta quando as células nervosas do cérebro são destruídas de forma progressiva e não consegue enviar a mensagem correta a mente. Isso leva à disfunção muscular. As causas do desgaste desses células são ainda desconhecidas, mas acredita-se que há influências genéticas e ambientais.