Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Paulo busca apoio do Bird contra zika

O combate ao zika vírus e assuntos relacionados à microcefalia em bebês em Pernambuco entraram no radar do Banco Mundial (Bird). Ontem, em Brasília, na primeira reunião do governador Paulo Câmara (PSB) com o novo diretor da instituição no Brasil, Martin Raiser, o tema veio à tona.

A expectativa é que o banco se engaje em projetos estaduais para eliminação do mosquito Aedes aegypti – sobretudo ações de esgotamento sanitário e abastecimento d?água – assim que a União liberar governadores e prefeitos para negociar empréstimos com organismos nacionais e internacionais.

“Temos uma parceria (com o Bird) de muito tempo, que já deu bons frutos. Diante desse aceno de reabertura das negociações em torno de operações de crédito, é importante a gente iniciar conversas com os parceiros. Tão logo seja decidido, cumpriremos a primeira etapa, que é apresentar projetos”, falou Paulo Câmara.

A autorização para novas operações de crédito será tema de reunião do ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, com Paulo Câmara na próxima terça-feira. Será mais um round na quebra de braço com a União sobre o assunto. Outros encontros ocorreram sem as respostas esperadas.

O governo federal sinalizou que dará aval aos gestores estaduais para contraírem empréstimos com as instituições de financiamento, mas exigirá, entre outras medidas, o apoio à CPMF. Pontos como congelamento de salário dos servidores, eliminação de 10% dos cargos comissionados e restrição de publicidade estão em análise pelo Estado.