Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Recife lança novo protocolo

O Recife lança amanhã, às 8h30, no auditório do Banco Central, o protocolo de atendimento aos casos de chikungunya. Cerca de 400 profissionais da rede municipal começarão a ser treinados já nesta quarta-feira sobre as diretrizes do manejo clínico para esta arbovirose. Uma novidade será a aplicação de um questionário sobre a intensidade da dor nos pacientes. Também haverá a introdução de drogas mais potentes no trato da dor que serão distribuídas pela atenção básica de acordo com a prescrição médica.

O secretário de Saúde, Jailson Correia, contou que o protocolo foi discutido por um comitê de especialistas local amparado pelo que vem sendo discutido pelo Ministério e pela Organização PanAmericana de Saúde (OPAS). “Tudo precisa ser usado com muito critério. Por isso, o protocolo que define a fase aguda, a fase subaguda e a fase crônica da doença. Há tratamento específico para cada uma delas. O protocolo não pensa só no medicamento. Estamos prevendo es paço também para fisioterapia e práticas integrativas. A acu puntura também entra para casos mais sérios e que precisam de acompanhamento mais intensivo”, contou. A Prefeitura que passou por momentos d desabastecimento diante da grande demanda de analgésico, fez uma compra emergencial e incrementou o arsenal terapêutico da dor. Incluirá no controle o paracetamol aliado à codeína, com aquisição de 125 mil comprimidos, e tramadol, co 250 mil comprimidos. Ambo só podem ser tomados com prescrição. Suas indicações estão condicionadas à indicação médica diante do agravamento da dor.