Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Preços de remédios variam até 345,4%

Pesquisa realizada pelo Procon Recife revela uma variação de até 324,8%nos preços de medicamentos de referência e 345,4% entre os genéricos. Ao todo, foram pesquisados os custos de 58 produtos, 29 de referência e 29 genéricos. Pelo levantamento, as oscilações ocorreram de acordo com a marca e a drogaria. Isso mostra que, antes de comprar, o consumidor deve fazer uma consulta de valores para proteger o bolso.

Um dos exemplos citados pelo Procon é o do medicamento de referência Propranolol, na apresentação de 40 mg com 30 comprimidos, que variou de R$ 2,50 a R$ 10,62. Já o genérico na fórmula Furosemida, 40 mg com 20 comprimidos, foi encontrado no menor preço por R$ 3,30 e o maior por R$ 14,70.

Além da oscilação de valores entre as drogarias, foi verificado que os genéricos são, em média, 50%mais baratos que os produtos “de marca”. Um exemplo emblemático é o do Paracetamol, que varia entre R$ 22,40 (Tylenol) e R$ 2,98 (genérico). Já o Butilbrometo de Escopolamina com Dipirona Sódica – mais conhecido pelo nome de Buscopan Composto – varia entre R$ 10,45 e R$ 3,80. O Rivotril (Clonazepam) custa R$ 11,49 o de referência, enquanto o genérico sai por R$ 5,48.

Na avaliação do secretário executivo do Procon Recife, José Neves, as diferenças de preços encontradas entre as farmácias recifenses não se justificam. “Quando falamos de medicamentos não estamos nos referindo a um produto qualquer, mas sim de um item essencial à saúde dos consumidores. Uma variação tão alta como esta demonstra um grande desrespeito do fornecedor para com o consumidor”, pontuou.

A orientação do Procon Recife aos consumidores é para que consultem a lista de preços das drogas disponível no site da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) antes de comprar. Já o conteúdo da pesquisa do Procon pode ser visto no site (www. recife.pe.gov.br).

A reportagem procurou a Associação Brasileira de Farmácias (Abrafarma) para obter a posição do setor,mas foi informada que a entidade só vai se posicionar hoje.