Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Catapora terá dose extra de vacina

O calendário vacinal do Programa Nacional de Imunização (PNI) divulgado, ontem, pela Prefeitura do Recife, apresenta alterações feitas pelo Ministério da Saúde. Uma das principais mudanças é a aplicação de uma segunda dose de vacina contra a varicela (catapora) para crianças entre 4 e 6 anos de idade.

De acordo com o Ministério da Saúde o objetivo é prevenir surtos, sobretudo em escolas e creches, aumentando a proteção desse grupo alvo. A primeira dose continua sendo aplicada aos 15 meses de vida (um ano e três meses de idade).

Também houve alteração no calendário para a vacina meningocócica C conjugada (meningite e meningococcemia), aplicada em adolescentes entre 11 e 14 anos de idade, que receberão um reforço ou dose única, conforme a situação vacinal. Até o ano passado, vacinava-se só a partir dos 12 anos.

Já a vacinação contra o Influenza (gripe) terá, neste ano, um cronograma mais longo. Começará em 16 de maio e se estenderá até 8 de junho para o grupo prioritário: gestantes, mulheres que acabaram de ter bebês, idosos, crianças entre seis meses a 4 anos de idade, professores e também os profissionais de saúde.

A coordenadora do PNI no Recife, Elizabeth Azoubel destacou a importância de manter o calendário vacinal em dia. “Sobretudo em relação às crianças, pois tem acontecido um relaxamento por parte dos pais, e isso pode trazer de volta doenças que estão sob controle ou mesmo erradicadas”, disse.

FEBRE AMARELA
Na capital pernambucana não houve alteração no critério da vacinação contra a febre amarela. Só deve tomar a vacina quem for viajar para áreas em que o Ministério da Saúde recomenda a aplicação do imunizante. É necessário apresentar  comprovante de viagem ou de hospedagem.