Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Sociedade de Nefrologia comemora Dia da Mulher e Dia do Rim no Sítio da Trindade, nesta quarta

A insuficiência renal crônica é a oitava causa de morte entre mulheres. De acordo com o Instituto de Métricas e Avaliação em Saúde da Universidade de Washington (IHME), existem 195 milhões de mulheres sofrendo com doença no mundo, resultando em 600 mil mortes por ano. Com base nesse cenário, a Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN) resolveu comemorar conjuntamente o dia, sob o slogan “Saúde da Mulher – Cuide de seus rins”. E integrando as atividades nacionais, a SBN Regional Pernambuco vai realizar, nesta quinta (7), a partir das 6h, uma ação de alerta sobre a importância da prevenção da doença renal crônica (DRC).

A iniciativa acontecerá no Sítio da Trindade, em Casa Amarela, e vai contar com o apoio de equipe multidisciplinar de nefrologia, médicos, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos e assistentes sociais, que atenderão público geral, especialmente o feminino, oferecendo serviços de aferição de pressão arterial e glicemia capilar. Os frequentadores do Sítio da Trindade também receberão orientações sobre e fatores de risco e prevenção de doença renal.

Além de homenagear as mulheres, a SBD pretende assim alertar a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce (fatores fundamentais para evitar a insuficiência renal e a dependência da terapia renal substitutiva, diálise ou transplante renal).

As ações que marcam o Dia Mundial do Rim vão acontecer no mundo inteiro e, em Pernambuco, contarão ainda com iniciativas realizadas por serviços de nefrologia públicos e privados, além de um seminário exclusivo para os profissionais de saúde da Atenção Básica da Prefeitura do Recife. O evento será no dia 8 de março, no auditório do Banco Central, no Recife, a partir das 8h.

Em busca da saúde renal 

Manter a saúde dos rins é fundamental para o bom funcionamento do organismo como um todo, e isto se consegue também com cuidados simples como boa alimentação, exercícios e ingestão de água regularmente.

De acordo com a presidente da Regional Pernambuco, Dra. Maria de Fátima Carvalho, doenças como diabetes e hipertensão são as maiores causadoras da doença renal crônica. Um em cada seis hipertensos vai desenvolver o problema, caso não tome cuidados específicos. “O diagnóstico precoce é muito importante para evitarmos a perda definitiva da função dos rins. Devemos estar atentos, principalmente profissionais de saúde da atenção básica, aos indivíduos com fatores de risco, para o diagnóstico da doença em estágio inicial”, alerta a médica.

Os principais sintomas da doença renal crônica são inchaço, anemia, cansaço, pressão alta e sangue na urina. Entre os fatores de risco, podem ser listados a obesidade, a pressão alta, o diabetes, as infecções e pedras nos rins e os problemas cardíacos. A genética pode influenciar nesse sentido, e o problema geralmente acontece com quem tem mais de 50 anos.

Dicas para evitar a DRC

– Pratique atividade física regularmente
– Mantenha uma alimentação saudável
– Evite o sobrepeso
– Controle o nível de açúcar no sangue
– Monitore e controle sua pressão arterial
– Não fume
– Evite bebidas alcoólicas
– Não tome remédios sem orientação médica
– Consulte um médico nefrologista regularmente