Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Prevenção para mulheres

Manter uma rotina de check-ups é tão importante quanto ter hábitos saudáveis. A detecção de doenças e outras complicações de saúde logo no início é, muitas vezes, a chave para um tratamento assertivo.
A jornalista Lorena Ferrário tem um estilo de vida ativo e saudável, mas passou pela surpresa de descobrir que estava com câncer. ‘Eu faço exercícios, me alimento bem, não fumo e não bebo, mas não quer dizer que eu não vá ter algum problema. A gente acha que só acontece com os outros e isso é muito errado’, conta.
Com uma rotina de exames estabelecida entre o final de um ano e o início do próximo, Lorena procurou sua médica em fevereiro deste ano ao sentir, em casa, um nódulo na mama direita. ‘Era época dos exames de rotina. Minha médica achou que era um ducto obstruído, um provável papiloma, porque é muito comum em mulheres que acabaram de amamentar. Nós acreditávamos que era isso. Quando fui fazer os exames, recebi a notícia de que estava bem recente, mas era câncer de mama. Graças a Deus, eu descobri na hora certa para fazer um tratamento rápido. Difícil, mas rápido’, relembra a paciente.
A conduta nesse caso comprova que a medicina preventiva é uma forte aliada na hora de descobrir uma doença com a antecedência necessária para um tratamento bem sucedido. Mirelle Palmeira, médica radiologista do Real Hospital Português, alerta que o estilo de vida não é 100% decisivo para o surgimento de alguma doença. Além disso, o histórico familiar pode ser um aviso para intensificar os exames de prevenção.
‘O Hospital Português é um complexo, temos todas as clínicas aqui. A paciente vem da mastologia ou da ginecologia e vai da consulta até os últimos exames feitos’, ressalta. Essa estrutura que o hospital oferece – não só com o atendimento clínico, mas reunir em um só lugar laboratórios e exames voltados para a excelência no diagnóstico – é fundamental na hora de descobrir previamente um resultado.
‘A prevenção também é importante para rastrear lesões antes que evoluam para alguma doença, no caso do colo de útero. Manter em dia os exames de citologia, colposcopia, de mama, ir ao ginecologista, fazer ultrassom, mamografia, são procedimentos preventivos que podem identificar as doenças mais comuns nas mulheres’, explica Telma Lubambo, ginecologista do RHP.
Esses exames são alguns dos que podem mudar o curso de uma doença. Além disso, se a entrega dos resultados está aliada à rapidez, pode auxiliar ainda mais médico e paciente. ‘O Real Lab é um grande laboratório dentro do Real Hospital Português. Temos urgência nos resultados porque tudo num hospital requer velocidade e qualidade, em favor do paciente e do médico – que aguarda alguma informação para fechar o diagnóstico e definir a conduta de tratamento. Então, quando se trata de pacientes internados, o compromisso é entregar os resultados em duas horas, muitas vezes em noventa minutos, o que pode impactar positivamente no atendimento’, conta Luciano Almeida, coordenador do Real Lab.
Além de atender os pacientes do hospital e estar aberto à população, o Real Lab passou a oferecer o serviço de coleta domiciliar e empresarial, mantendo a qualidade do Real Hospital Português e a agilidade na entrega dos resultados .
Mais na web
Veja mais detalhes sobre os serviços oferecidos pelo Real Hospital Português: http://produtos.ne10.uol.com.br/paixaoporcuidar/