Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

PF apura venda irregular de vacina no Rio

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco.

A investigação teve início após denúncia recebida pela Anvisa

A Polícia Federal (PF) realizou uma operação ontem contra uma empresa, em Niterói (RJ), que estaria vendendo uma suposta vacina contra a Covid-19. Foi cumprido mandado de busca e apreensão na sede do grupo, que atua no ramo hospitalar.

A investigação teve início a partir de denúncia recebida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), referente à venda irregular de doses de vacina contra a Covid-19, ainda em desenvolvimento.

Segundo as informações, a empresa investigada não tem autorização ou convênio com as autoridades sanitárias, com a empresa fabricante da vacina para atuar no processo de desenvolvimento ou comercialização.

“A suspeita é de que os responsáveis aproveitavam-se do período de pandemia para criar a ilusão de que já possuiriam a vacina, sem que isso fosse a realidade, perpetuando assim a fraude”, divulgou a PF. Não foi informado se houve detenções na operação. (Agência Brasil)