Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Estado tem mais 16 mortes por covida

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

Mais 674 novos casos da covid-19 foram confirmados ontem em Pernambuco. Entre eles, 33 (5%) são pacientes que têm a forma grave da doença e 641 (95%) sintomas semelhantes. Agora, Pernambuco totaliza 171.890 casos da infecção pelo novo coronavírus, sendo 27.590 graves e 144.300 níveis, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do Arquipélago de Fernando de Noronha. Também foram confirmados laboratorialmente 16 novos óbitos (5 homens e 11 mulheres), registrados entre os dias 11 de junho e 15 de novembro. Os pacientes idades entre 16 e 87 anos. Com isso, o Estado totaliza 8.854 mortes pela doença. Ainda ontem, a Secretaria Estadual de Saúde informou que não foram registrados novos casos da síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica, associada à covid-19. Até o momento, continua como 24 ocorrências já divulgadas: 22 evoluíram para cura e alta hospitalar. Outros dois casos foram a óbito. Do total, 23 teve resultado positivo para covid-19 e um teve contato comprovado com pessoas confirmadas para o novo coronavírus. Já a Secretaria de Saúde do Recife (Sesau) confirmou ontem 192 novos casos da covid-19, sendo todos leves. Também foram causadas as mortes causadas pela infecção, sendo uma mulher e três homens, ocorridos entre 11 e 14 de novembro. Os pacientes que foram a óbito tinham entre 41 e 81 anos. Assim, o município totaliza 38.346 casos confirmados da covid-19, com 2.501 mortes. Já em relação ao adoecimento entre profissionais de saúde em Pernambuco, foram confirmados, a contar do início da pandemia 22.620 casos de covid-19. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. Só na capital pernambucana, estão afastados 32 profissionais de saúde da rede municipal por suspeita ou confirmação de covid-19. Entre eles, sete médicos, sete enfermeiros, três técnicos em enfermagem e sete auxiliares de enfermagem da Sesau. Ainda no Recife, o Samu Metropolitano registrou, na última segunda-feira (16), 28 chamados por causas respiratórias, que resultaram em 23 acionamentos de ambulâncias para prestar socorro a pacientes com suspeita da infecção pelo novo coronavírus