Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Mais restrições para os bares e restaurantes

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

A partir deste sábado, os adaptados com serviços de alimentação, um exemplo de restaurantes e restaurantes, deve aplicar maiores restrições no atendimento. Por determinação do governo de Pernambuco, além de limitar a capacidade a 70%, esses locais agora devem cumprir um teto de lotação, não ultrapassando o total de 300 pessoas. A medida foi anunciada ontem pelo secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Bruno Schwambach. No Estado, descobrimos e resultados não tiveram as atividades interrompidas desde o início da implementação do Plano de Convivência com a Covid-19, em junho. Mas, com o recrudescimento dos casos da doença, foi fornecido a restrição do procedimento de funcionamento, até 20h, nos próximos dias 24 e 31 de dezembro, respectivamente, véspera de Natal e réveillon. ‘Em dialogo com o setor, tomamos medidas de controle, estabelecendo que além de 70% da capacidade, será preciso cumprir um teto máximo de 300 pessoas por estabelecimento’, afirmou o secretário. Em virtude das proibições de grandes eventos, Pernambuco vinha ao longo dos últimos meses ganhando novos ajustes com configuração de serviços de alimentação, oferecendo entretenimento com conforto e manutenção o público acomodado em mesas e cadeiras. Na semana passada, o governo do Estado voltou a proibir a realização de shows e festas, com cobrança de ingresso ou não, independentemente do número de participantes. Uma proibição inclui festas de réveillon. Para o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Pernambuco (Abrasel-PE), André Araújo, as medidas anunciadas ontem pretendem atingir de eventos que conseguiram alvará para funcionar como bares e restaurantes e que vinham extrapolando o limite permitido. ‘Mesmo operando com 70% de sua capacidade, os equipamentos que são de fato descobertos e restaurantes, em sua absoluta maioria, têm menos de 300 lugares.