Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Hospital da Pessoa Idosa ganha dez leitos de UTI e deve ter mais 70

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

Ao todo, serão instalados 80 novos leitos destinados ao tratamento de pacientes com suspeita ou diagnóstico confirmado de infecção pelo novo coronavírus

O governador Paulo Câmara e o prefeito do Recife, João Campos, anunciaram, nesta quarta-feira (13), a futura ativação de 70 novos leitos de UTI da Covid-19 no Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa (HECPI), no bairro da Estância, na Zona Oeste do Recife.

A notícia foi dada em meio à entrega de 10 novos leitos de UTI da Covid-19 no HECPI. A previsão é de que as novas vagas sejam abertas até o final de fevereiro.

O governador informou aguardar a iniciativa do Governo Federal quanto à vacinação da população e ressaltou também a necessidade que a população se cuide. Porém ele frisou que o atendimento estará garantido com a ativação dessas novas vagas que, somadas, ficam com 130 novos leitos de UTI no Recife.

“É importante que as pessoas se cuidem, mas também temos que garantir que, caso precisem do atendimento, vamos ofertar estrutura junto com os municípios. Isso é fundamental para salvar vidas enquanto a vacina não se torna uma realidade”, afirmou o governador Paulo Câmara

Já o prefeito João Campos reforçou a importância do fortalecimento da rede no combate à Covid-19. “Foi assim que o Recife fez desde o início e, agora, mais uma vez, a gente faz uma parceria com o Governo do Estado para viabilizar a abertura de 80 leitos de UTI no Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa”, disse.

A estrutura de internamento do hospital que conta ainda com 62 vagas de enfermaria e 10 de UTI, passará a dispor de equipamentos para garantir o suporte voltado para a Covid-19.

Outros oito leitos localizados na sala de Recuperação do Bloco Cirúrgico também serão transformados em UTIs, totalizando, assim, 80 novas vagas, que serão ativadas aos poucos, à medida que houver necessidade, explicou o Governo do Estado. Os pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19 terão entrada separada dos demais atendimentos.