Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Recife quer professores no grupo prioritário

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

O prefeito do Recife, João Campos (PSB), reforçou ontem o pedido de priorização da vacina contra a Covid-19 para os profissionais de educação. A solicitação foi feita em reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. O município pede que os profissionais do setor educacional de todo o país passem da fase 4 – e última – do Plano Nacional de Imunização para a fase 1.

“O Brasil tomou uma decisão errada, enquanto país que deve pensar no futuro, de não priorizar a volta às aulas de forma segura. Então seria muito importante a colocação dos profissionais da educação como grupo prioritário, na primeira fase. Eu faço esse apelo, fizemos esse pedido formalmente através de ofício”, explicou o prefeito.

“O déficit de aprendizagem que a pandemia legará aos jovens e crianças brasileiras é algo ainda não dimensionado. Será muito grave, terá um ciclo duradouro para os próximos anos”, acrescentou.