Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Reunião discute vacinação

9
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 9
            [name] => Clipping
            [slug] => clipping
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 9
            [taxonomy] => category
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 77136
            [filter] => raw
            [cat_ID] => 9
            [category_count] => 77136
            [category_description] => 
            [cat_name] => Clipping
            [category_nicename] => clipping
            [category_parent] => 0
        )

)
					Array
(
    [0] => clipping
)
tem				

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

SAÚDE Integrantes do Fórum de Governadores do Brasil vão cobrar avanço do plano de imunização contra a covid-19 ao ministro Pazuello

Está confirmada para a próxima quarta-feira (17), a partir das 15h, uma reunião entre o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, com os integrantes do Fórum dos Governadores do Brasil. A agenda havia sido solicitada desde o dia 31 de janeiro por Wellington Dias, governador do Piauí, que é presidente do Consórcio Nordeste e coordenador da temática de vacina no Fórum Nacional de Governadores.

Na reunião, que deve acontecer por videoconferência, os governadores irão cobrar do ministério da Saúde detalhes sobre o Plano Nacional de Imunização, incluindo o cronograma da entrega de vacinas até abril, quando o governo federal já deve ter concluído a primeira fase do plano nacional contra a covid-19, imunizando os grupos considerados prioritários. O grupo também vai cobrar a previsão para novas entregas até junho, na perspectiva da meta anunciada pelo ministério. O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), publicou, ontem, em uma rede social, que o Fórum dos Governadores do Brasil também irá tratar de outros assuntos com o ministro Pazuello. “Vamos falar também sobre o pagamento das UTIs (Unidades de Terapia Intensivas) em atividade de janeiro para cá, incluindo ampliação para atender crescimento de demanda”, afirmou a postagem do governador. “A outra pauta é a solução da farmacêutica União Química com a vacina Sputinik e outras alternativas de vacinas”, completou o texto.

DETALHES

A pauta dos governadores com o ministro é ampla. Na reunião, eles irão pedir esclarecimentos sobre como ficará o pagamento dos leitos de UTIs em atividade na rede pública de saúde, desde janeiro deste ano até agora, incluindo o pedido de ampliação para atender o crescimento de casos de acordo com a demanda de cada estado. De cerca de 12 mil leitos de UTI em operação no País em dezembro do ano passado, a demanda chegou a 15 mil leitos, segundo o Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (Conasses). Os governadores irão pedir ainda uma solução para o problema dos medicamentos, porque os preços subiram abruptamente, e ainda sobre os que estão em falta nos fornecedores contratados pelos estados. A reunião vai tentar esclarecer ainda a situação do laboratório União Química que pretende produzir no Brasil a vacina russa Sputinik contra a covid-19 e outras alternativas de vacinas para imunização mais rápida da população brasileira, incluindo um pedido de maior agilidade no uso de vacinas já autorizadas para uso por outros países – com a aprovação imediata da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para aplicação no Brasil – diminuindo, assim, o tempo de espera da população para ser imunizada.