Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

OEA quer distribuição igualitária de vacinas

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

O Conselho Permanente da OEA (Organização dos Estados Americanos) aprovou ontem por aclamação uma resolução para solicitar a distribuição equitativa de vacinas contra a Covid-19, coincidindo com um debate sobre o assunto na ONU.

Os países expressaram no texto sua “grave preocupação com qualquer medida cujo propósito ou resultado seja a desigualdade e a discriminação no acesso às vacinas e em sua distribuição entre países desenvolvidos e em desenvolvimento”.

A resolução apela aos “Estados-membros e observadores permanentes em posição de fazê-lo, a tomar medidas para facilitar a distribuição equitativa de vacinas”, aponta o comunicado da OEA.

Segundo a resolução, essa situação “cria o risco de que a atual pandemia continue”, razão pela qual apelaram às instituições financeiras internacionais para que forneçam financiamento de baixo custo a todos os países em desenvolvimento.