Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Recife retoma tratativas para comprar vacinas

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

Administração da capital tentará adquirir imunizantes diretamente a laboratórios e através de articulação da Frente Nacional de Prefeitos

O prefeito do Recife, João Campos, anunciou ontem, em Brasília, que a capital pernambucana retomará as tratativas junto aos laboratórios para aquisição direta de vacinas contra o novo coronavírus (Covid-19). O anúncio foi feito um dia após o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizar estados e municípios a comprarem doses em caso de descumprimento do Plano Nacional de Imunização (PNI) pelo governo federal ou de insuficiência de doses para imunizar a população.

“A Prefeitura do Recife vai retomar as tratativas para aquisição de vacinas. Nós fizemos isso ainda na transição, no ano passado, e naquele momento os laboratórios informaram que tinham exclusividade com o governo federal e o Ministério da Saúde. Nesta semana, com a decisão do STF, uma medida provisória que foi editada possibilita que os municípios façam essa negociação. Autorizei a nossa equipe a buscar os laboratórios de todo o mundo que tenham capacidade de vender a vacina para o Recife”, informou João Campos.

Além dos esforços para busca dos imunizantes pela própria gestão, outra frente para viabilizar a aquisição será feita através do trabalho conjunto com outros municípios do país. “A segunda frente que será criada será através da FNP, a Frente Nacional de Prefeitos. Nós estamos construindo um consórcio que poderá adquirir vacinas e distribuir para os municípios brasileiros”, completou o prefeito.

Em janeiro, o prefeito João Campos formalizou a intenção de compra de um milhão de doses da vacina contra a Covid-19 diretamente ao Instituto Butantan. Na ocasião, o prefeito também assinou ofício solicitando formalmente que o Ministério da Saúde dê prioridade aos professores no Plano Nacional de Vacinação, garantindo o retorno seguro das aulas.

A imunização contra o novo coronavírus foi iniciada no Recife em 18 de janeiro. Para tomar a vacina, as pessoas precisam realizar o agendamento pelo Conecta Recife, iniciativa que faz parte da transformação digital realizada pela Prefeitura do Recife. Através do www.conectarecife.recife.pe.gov.br ou app gratuito, a população pode fazer o cadastro e, se estiver dentro de algum grupo prioritário, agendar o dia, hora e local para receber a imunização nos noves centros e cinco drive-thrus. Caso a pessoa seja acamada, é possível sinalizar a condição marcando a opção disponível durante o cadastro para, dessa forma, receber a visita domiciliar de uma das equipes volantes da Secretaria de Saúde.