Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Nova remessa de 600 mil doses da CoronaVac

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

O Instituto Butantan anunciou a entrega, ontem, de uma nova remessa com 600 mil doses da vacina CoronaVac ao Ministério da Saúde. Conforme o órgão, com esse lote, serão totalizado 3,75 milhões de doses entregues ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). Na última terça-feira, o Butantan fez a entrega de 1,2 milhões de doses. Novos lotes devem ser entregues nos próximos dias, segundo o Instituto, ainda sem quantidade divulgada. O imunizante foi aprovado pela Anvisa e começou a ser aplicado no país em 17 de janeiro.

A produção no Butantan dependia da importação do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) da China. Mais de 8,6 milhões de doses começaram a ser produzidas no início de fevereiro, após a chegada de 11 mil litros do IFA. O diretor do instituto, Dimas Covas, afirmou que mais 8,2 mil litros de insumo devem chegar até esta terça-feira (2).

O governo federal tem contrato para a compra de 100 milhões de doses da CoronaVac. Segundo o Ministério da Saúd, a previsão é que, até setembro, todos os imunizantes fabricados pelo Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac cheguem aos estados brasileiros. O Butantan tem acordo firmado para incorporar a tecnologia de desenvolvimento do imunizante. A produção local depende da construção da fábrica e deve começar em dezembro.

6,5 MILHÕES
Balanço da vacinação contra Covid-19 de ontem aponta que 6.576.109 pessoas já receberam a primeira dose de vacina contra a Covid-19, o que representa 3,11% da população do país. A segunda dose já foi aplicada em 1.933.404 pessoas (0,91% da população).