Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Quase 300 mil casos

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

Pernambuco se aproxima dos 300 mil casos de pacientes com a covid-19. Ontem, a Secretaria Estadual de Saúde registrou 616 casos da doença. Entre os confirmados, 43 (7%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 573 (93%) são leves. O Estado totaliza 299.475 pessoas com a covid-19. Desse total, 258.403 se recuperaram da doença. No boletim também foram confirmados 22 novos óbitos (14 masculinos e 8 femininos), ocorridos entre os dias 05 de janeiro e 27 de fevereiro deste ano. As novas mortes são de pessoas com idades entre 30 e 101 anos. O Estado totaliza 10.996 mortes pela doença. Pernambuco já aplicou 399.563 doses da vacina contra a covid-19, das quais 290.594 foram primeiras doses. Ao todo, foram feitas a primeira dose em 156.261 trabalhadores de saúde; 23.969 povos indígenas aldeados; 5.587 idosos em Instituições de Longa Permanência; 26.801 idosos entre 80 e 84 anos; 77.134 idosos a partir dos 85 anos, além de 842 pessoas com deficiência institucionalizadas. Em relação à segunda dose, foram beneficiados 82.379 trabalhadores de saúde; 22.133 povos indígenas aldeados; 4.014 idosos institucionalizados e 443 pessoas com deficiência institucionalizadas; totalizando 108.969 pessoas que finalizaram o processo. TJPE A partir de hoje, até 10 de março, está suspenso o expediente presencial nas unidades administrativas e judiciárias de 1º e 2º graus do Poder Judiciário do Estado. A medida consta em ato conjunto assinado pelo presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco, desembargador Fernando Cerqueira, e pelo corregedor-geral da Justiça, desembargador Luiz Carlos de Barros Figueiredo. O aumento de casos de covid-19 e a alta ocupação de leitos de UTI no Estado estão entre as justificativas. A suspensão vale para a jurisdição cível, fazendária, família e sucessões, acidentes do trabalho, juizados especiais, turmas recursais, Central de Queixas Orais e Cejusc’s. As unidades administrativas e judiciárias funcionarão em regime diferenciado de trabalho remoto, no horário do regular expediente forense, sendo vedada a realização de audiências e sessões presenciais. O ato informa que ficam suspensos os prazos dos processos administrativos e judiciais que tramitam em meio físico nessas unidades. O TJPE informa que está vedada a circulação da população nos prédios do Poder Judiciário. Será livre, apenas, acesso de advogados, membros do Ministério Público, Defensoria Pública e agentes vinculados a Procuradorias de órgãos.