Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Recife entra em parceria para compra de vacina

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

O prefeito do Recife, João Campos, confirmou, ontem, uma parceria com municípios brasileiros para a criação de um consórcio junto à Frente Nacional de Prefeitos (FNP) para aquisição de vacinas contra o novo coronavírus. O grupo reunirá cerca de 100 prefeituras, entre capitais e cidades de médio porte.

“Nós temos assistido Brasil afora o crescimento do número de casos leves e graves, infelizmente, não tem sido diferente aqui no Recife. A ação mais efetiva que nós podemos fazer é uma vacinação com segurança e com velocidade para todos os recifenses. Por isso firmamos a parceria com a FNP, a Frente Nacional dos Prefeitos, para fazer parte do consórcio que poderá adquirir vacinas para as cidades brasileiras”, comunicou João Campos.

O prefeito destacou como a opção pelo cadastramento e agendamento digital contribuíram para que o Recife alcançasse a vacinação de forma rápida e eficiente. “Nós temos o compromisso de fazer a vacinação da forma mais organizada, responsável e ágil possível. Fizemos ela 100% digital e isso possibilitou que o Recife fosse uma das primeiras cidades do Brasil a começar a vacinação das pessoas com mais de 75 anos de idade.”

Ontem a FNP realizou a primeira reunião sobre a criação do consórcio público para a compra de vacinas. Campos participou do evento e assinou a manifestação de interesse para integrar o grupo. Na próxima sexta-feira (5), a frente enviará um texto-base para que todos os gestores possam preparar seus projetos de lei e enviá-los à Câmara de Vereadores. O projeto que for- maliza o ingresso da gestão no consórcio precisa ser aprovado pelos parlamentares até o próximo dia 19 de março.

Além da vacinação, o prefeito reafirmou o compromisso de cuidar dos recifenses neste momento difícil. “Nós também estamos olhando para as consequências socioeconômicas da pandemia. Foi assim que a gente criou o AME, o Auxílio Municipal Emergencial do Carnaval, que fizemos ações com parceiros do Transforma Recife para distribuição de cestas básicas para trabalhadores informais do Carnaval do Recife. É assim que a gente também pode celebrar no dia de hoje a lei do Crédito Popular do Recife, aprovada pela Câmara de Vereadores.”

O prefeito ainda destacou a importância da adoção das medidas restritivas anunciadas pelo Governo do Estado.

“Nós temos o compromisso de poder salvar vidas. O Governo do Estado de Pernambuco anunciou hoje medidas restritivas que visam preservar as vidas dos pernambucanos e dos recifenses. As decisões não são fáceis, mas, sim, decisões necessárias para salvar vidas. Vamos juntos, com muita responsabilidade, cada um fazendo a sua parte, mantendo o distanciamento social e podendo intensificar a vacinação do Recife. Juntos vamos vencer a pandemia e poder olhar para o futuro, sim, com esperança de que dias melhores virão.”“Temos o compromisso de fazer a vacinação da forma mais organizada, responsável e ágil”, disse o prefeito do Recife