Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Um novo tratamento para o câncer de pâncreas

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

O câncer de pâncreas é um dos mais agressivos e apresenta uma alta taxa de mortalidade em cinco anos. Estima-se que apenas cerca 20% dos casos são diagnosticados no estágio inicial e, desta forma, passíveis de cirurgia. Felizmente, a chegada de um novo tratamento no país traz esperança de que mais pessoas possam ter melhores expectativas de sobrevida.

O intervencionista oncológico Luiz Tenório Siqueira e o cirurgião Antônio Luiz Macedo realizaram, no último domingo (28), no hospital Vila Nova Star, em São Paulo, o primeiro procedimento de eletroporação irreversível com a Nanoknife para tratar um câncer de pâncreas em Claudia Maria Meirelles, de 55 anos.

A incorporação da nova tecnologia oferece melhores perspectivas, principalmente aos pacientes que já apresentam o tumor em estado localmente avançado. “Essa tecnologia inédita no país usa agulhas para dar choques de alta voltagem no tumor, matando as células cancerígenas”, explicou Tenório.