Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Veja como foi a primeira noite com medidas restritivas mais rígidas em Pernambuco

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

Começou a valer nesta quarta-feira (3) o novo decreto do Governo de Pernambuco que restringe as atividades em todo o Estado. Os serviços não essenciais não podem funcionar das 20h às 5h durante a semana e devem permanecer fechados ao longo de todo o dia aos sábados e domingos. A medida vale até o dia 17 deste mês.

A reportagem da Folha de Pernambuco percorreu ruas do Recife e estabelecimentos da Região Metropolitana na primeira noite com regras mais rígidas. No Centro da cidade, funcionários da Prefeitura do Recife orientaram vendedores ambulantes a fecharem as barracas assim que o horário da suspensão previsto no decreto chegou.

Nos bairros dos Aflitos e da Jaqueira, na Zona Norte, os estabelecimentos encerraram as atividades na hora marcada. Em Boa Viagem, comércio fechado e poucas pessoas na areia da praia ou caminhando no calçadão.

No Shopping Tacaruna, em Santo Amaro, no Recife, a partir das 19h30, os alto-falantes passaram a veicular, a cada 10 minutos, avisos de que o local fecharia às 20h. Pontualmente, o centro de compras fechou as portas.

No bairro do Carmo, em Olinda, os bares e restaurantes também cumpriram o horário de funcionamento. O trânsito na região fluiu bem e não foram registrados protestos ou aglomerações na cidade. Farmácias e postos de gasolina, considerados serviços essenciais, permaneceram funcionando.

O Estado encerrou a quarta com o registro de 1.613 novos casos de Covid-19 e 38 óbitos em decorrência da doença nas últimas 24h. Com os novos dados, Pernambuco soma, agora, 303.047 casos confirmados e 11. 068 mortes. O número de pessoas recuperadas desde o início da pandemia é de 261.154.

Com taxa de ocupação dos leitos de UTI superior a 90%, o Governo do Estado adotou a medida com o objetivo de diminuir os índices de contágio e evitar um colapso ainda maior no sistema de saúde. Entre os serviços não essenciais que estão com o funcionamento restrito desde a noite dessa quarta, estão igrejas e templos religiosos, academias, bares e restaurantes, além de comércio de rua e shoppings centers.

Parques e clubes sociais também devem fechar nos finais de semana. Já nas praias, aos sábados e domingos, está permitida apenas a prática individual de atividades esportivas.

As denúncias de descumprimento do decreto podem ser feitas à Polícia Militar, por meio do 190, e ao Procon-PE, pelo 0800.282.1512, ou ainda pelo WhatsApp (81 3181.7000) ou o perfil no Instagram (@proconpe).