Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Olinda cria projeto de lei visando vacinas

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

A Prefeitura de Olinda enviou projeto de lei à Câmara dos Vereadores para que o município ingresse no Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades, com o objetivo de comprar imunizantes contra o coronavírus sem dependência em relação ao governo federal. De acordo com a gestão do município, Olinda recebeu na sexta-feira a informação de que foi aceita na Frente.

Segundo o prefeito Professor Lupércio, o projeto de lei ratifica o protocolo de intenções para formação do Consórcio Nacional Conectar, grupo criado com objetivo de comprar imunizantes. A gestão destacou que o protocolo e a lei são elementos indispensáveis para que Olinda ingresse no Consórcio. “É um esforço em várias frentes com o único objetivo de salvar vidas. Vamos continuar trabalhando para vacinar de forma rápida e eficiente a nossa população”, afirmou Lupércio.

VACINAÇÃO
Também na Região Metropolitana do Recife, a Prefeitura de Paulista iniciou a vacinação em idosos a partir de 75 anos ontem. A dose é oferecida na Fasup, no Janga, e no Centro Administrativo, das 8h às 13h. O município informou que conta com aproximadamente mil doses remanescentes do último recebimento de lotes.

Já a cidade de Abreu e Lima liberou agendamento para a vacinação de idosos a partir dos 78 anos. Além do novo grupo, a Secretaria de Saúde do município informou que também serão vacinados nesta fase os profissionais de saúde a partir de 50 anos. Para agendar, é necessário que o usuário acesse o site vacina.abreuelima.pe.gov.br e preencha os dados da pessoa a ser vacinada.