Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Recorde de mortes e corrida por leitos

9
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 9
            [name] => Clipping
            [slug] => clipping
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 9
            [taxonomy] => category
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 77136
            [filter] => raw
            [cat_ID] => 9
            [category_count] => 77136
            [category_description] => 
            [cat_name] => Clipping
            [category_nicename] => clipping
            [category_parent] => 0
        )

)
					Array
(
    [0] => clipping
)
tem				

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

Pernambuco confirmou 60 óbitos e 2.482 casos de Covid-19 em 24 horas, enquanto governo segue ampliando capacidade de tratamento

O boletim da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco sobre a Covid-19 registrou ontem 60 novas mortes, maior marca desde o dia 6 de agosto de 2020, quando foram divulgados 70 óbitos. O número de casos registrado ontem – 2.482 – foi o segundo maior da pandemia, atrás apenas do dia 30 de dezembro de 2020, quando a SES-PE divulgou 2.512 confirmações. Desde o começo da crise sanitária, foram 320.931 casos de coronavírus e 11.471 mortes.

As seis dezenas de óbitos divulgadas ontem ocorreram de 27 de dezembro de 2020 e 15 de março, confirmando o momento crítico da pandemia em Pernambuco, que inicia amanhã uma quarentena de 11 dias em que apenas os serviços, comércios e espaços essenciais poderão funcionar.

O governo do estado continua expandindo a rede de atendimento para pacientes de todas as faixas etárias. Ontem, o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), no Recife, colocou em funcionamento 10 leitos de UTI pediátricos. As crianças enfermas serão encaminhadas ao serviço a partir da Central de Regulação de Leitos do Estado. Com isso, a unidade somará 30 vagas de terapia intensiva, sendo 20 neonatais e as 10 pediátricas.

Também foram abertos quatro leitos de UTI adulto no Hospital do Tricentenário, em Olinda, além de 12 vagas do Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa, no Recife. “Nossos esforços são permanentes e diários para que possamos fortalecer ainda mais a rede de assistência aos pacientes suspeitos e confirmados para a Covid-19. Estamos monitorando as vagas tanto para os adultos quanto para as crianças, além de avaliar as necessidades de cada região”, disse o secretario de Saúde de Pernambuco, André Longo.

Ele reiterou que a sociedade precisa respeitar os protocolos relativos à pandemia urgentemente. “Repito que estamos ampliando os leitos na rede própria, conveniando na privada e filantrópica, mas apenas isso não será suficiente. Precisamos contar com o apoio e compreensão de todos os pernambucanos para que sigam usando a máscara corretamente, adotando as medidas de higiene e mantendo o distanciamento e isolamento social. Temos que ser agentes de proteção para evitar mais sobrecarga no serviço de saúde e mais dores pela perda de entes queridos”, explicou.

Segundo o boletim de ontem, Pernambuco dispõe de 1.265 leitos de UTI na rede pública, que estão com demanda de 96%, e 412 na rede privada, onde a ocupação é de 84%.

SERVIÇOS DE SAÚDE

A SES-PE publicou portaria que normatiza o funcionamento dos serviços de saúde em todo o território pernambucano. A orientação é que, entre os dias 18 e 28 de março, os procedimentos diagnósticos, terapêuticos e ambulatoriais, cujo adiamento não traga danos à saúde e não coloque em risco a vida dos pacientes, sejam remarcados nos consultórios, clínicas, laboratórios e hospitais.

As cirurgias eletivas, nas unidades da rede assistencial pública e privada, que demandem internação hospitalar, continuam suspensas. Já os centros de testagem para a Covid-19 e o processo de vacinação não serão afetados.

Os servidores públicos que tiverem suas atividades suspensas temporariamente poderão ser convocados para outras áreas no âmbito da assistência aos pacientes com Covid-19 ou teletrabalho. “O objetivo é reduzir ao máximo a circulação de pessoas nos serviços de saúde para evitar que fiquem expostas ao vírus”, afirma a secretária executiva de Regulação em Saúde, Ricarda Samara.

Números

Rede pública

  • 2.325 leitos de Srag no total

  • 1.265 UTIs

  • 1.060 enfermarias

  • OCUPAÇÃO
    – 96% dos leitos de UTIs
    – 84% das vagas enfermarias


Rede privada

  • 688 leitos de Srag

  • 412 UTIs

  • 276 enfermaria

  • OCUPAÇÃO
    – 89% nas UTIs
    – 65% nas enfermarias