Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Nas UTIs, 1,6 mil pernambucanos lutam pela vida

9
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 9
            [name] => Clipping
            [slug] => clipping
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 9
            [taxonomy] => category
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 77136
            [filter] => raw
            [cat_ID] => 9
            [category_count] => 77136
            [category_description] => 
            [cat_name] => Clipping
            [category_nicename] => clipping
            [category_parent] => 0
        )

)
					Array
(
    [0] => clipping
)
tem				

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

Mais 13 leitos de UTI adulto para os casos suspeitos e confirmados da Covid-19 foram colocados em funcionamento ontem. Quatro vagas foram abertas no Hospital Cesac Prado, no Recife; seis no Tricentenário, em Olinda, e três no Vale do Una, em Palmares, na Mata Sul. Desde a segunda-feira, foram abertos 45 leitos de terapia intensiva. Ainda assim, o sistema está muito próximo do esgotamento, um dos motivos que motivaram a decretação da quarentena de hoje ao dia 28. No total, há cerca de 1,6 mil pernambucanos internados em UTIs, lutando pela vida por causa da pandemia.

Dos 1.289 leitos de UTI da rede pública para casos de Covid-19, regulados pela Central Estadual, 97% estão ocupados, segundo boletim divulgado ontem pela Secretaria Estadual de Saúde. Na rede privada, há 89% de ocupação entre as 413 vagas de terapia intensiva. Nas enfermarias, a demanda é de 66% na rede privada e 82% no sistema público. Na soma das duas redes, Pernambuco já tem 3.052 leitos, entre UTIs e enfermarias, para receber pacientes do novo coronavírus.

VACINAS

Começou às 6h e terminou às 14h de ontem a entrega das 198.600 doses contra a Covid-19 da CoronaVac para as 12 Gerências Regionais de Saúde. O imunizante, repassado pelo Ministério da Saúde, chegou ao estado na noite da terça e foi recebido pelo Programa Estadual de Imunização.

Com essa remessa, será possível avançar na imunização dos idosos entre 75 e 79 anos, subindo para 59% o quantitativo dessa faixa etária. Em relação aos profissionais de saúde, que também seguirão sendo imunizados, o estado chegará à marca de 86% desse grupo. “Estamos em diálogo permanente com os municípios para que eles também façam a retirada nas Geres com agilidade”, disse a Superintendente de Imunização da SES-PE, Ana Catarina de Melo.