Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Recife contrata 554 profissionais de saúde

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

Serão contratados 96 médicos, 121 enfermeiros, além de técnicos de enfermagem, farmacêuticos, biomédicos, nutricionistas e psicólogos

A Prefeitura do Recife anunciou, ontem que irá contratar mais 554 profissionais de saúde como reforço para o enfrentamento da pandemia de Covid-19 na capital. Conforme o órgão, os trabalhadores serão contratados de forma temporária para atuar no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), nas Unidades Provisórias Covid, nos Serviços de Pronto Atendimento das policlínicas municipais, Vigilância à Saúde, entre outros. O decreto com a convocação foi publicado no Diário Oficial. Também ontem, o prefeito instalou a sala de situação da Covid-19.

“Estamos fazendo um esforço na abertura e estruturação de novos leitos e também na contratação de profissionais de saúde para reforçar todo o nosso sistema de combate a pandemia. Montamos aqui na estrutura do meu Gabinete, uma sala de situação onde vamos coordenar pessoalmente todas as ações de combate a pandemia”, afirmou o prefeito João Campos.

Ao todo, serão contratados 96 médicos, 121 enfermeiros, 291 técnicos de enfermagem, seis farmacêuticos, 12 biomédicos, cinco nutricionistas, cinco psicólogos e 18 técnicos de laboratório. Os trabalhadores foram aprovados em dois concursos de nível técnico e superior da Secretaria de Saúde do Recife, realizados em 2014 e 2019. Uma parte das vagas será destinada a pessoas com deficiência. A lista dos convocados será publicada no Diário Oficial do Município.

“Assim, nós vamos conseguir ampliar os serviços oferecidos e garantir os atendimentos adequados aos pacientes com Covid-19”, destaca a secretária de Saúde do Recife, Luciana Albuquerque.

As contratações serão temporárias, com vigência máxima de seis meses, podendo ser prorrogadas por até dois anos. O contrato também pode ser rescindido a qualquer momento, caso não haja mais necessidade. Autorizadas por decreto municipal, essas convocações não interferem no andamento da fila de contratações efetivas dos certames. Não serão convocados candidatos com mais de 60 anos, gestantes, lactantes e as que estejam no período de licença maternidade, além daqueles que integrem o grupo de risco da Covid-19.

A Sala de Situação é um espaço dedicado ao monitoramento dos indicadores e planejamento de novas ações. O espaço fica no 9º andar do edifício-sede da Prefeitura do Recife. A sala reunirá todos os órgãos envolvidos diretamente no combate à pandemia e terá a coordenação direta do prefeito João Campos.