Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Pernambuco aplica mais de 1 milhão de doses da vacina contra a Covid-19

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

A vacinação contra a doença se iniciou no dia 18 de janeiro no Estado

Em pouco mais de dois meses, Pernambuco superou a marca de um milhão de doses da vacina contra a Covid-19 aplicadas na população. A vacinação contra a Covid-19 foi iniciada no dia 18 de janeiro no Estado. Até o momento, foram exatas 1.005.497 doses já utilizadas, sendo 775.526 na primeira aplicação e 229.971 na segunda, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). 

O Ministério da Saúde enviou 1.438.880 vacinas contra a Covid-19, sendo 1.192.160 da Sinovac/Butantan e 246.720 da Astrazeneca/Oxford/Fiocruz, no total. A orientação inicial, até o último dia 19, era de que as vacinas para a 2º dose do Butantan fossem guardadas, impedindo um maior avanço na imunização em todo o País. No dia 20 houve uma mudança na orientação do Governo Federal, indicando o uso de todos os imunizantes recebidos em sua totalidade como primeira dose. 

Por isso, o Estado aplicou 1.094.700 unidades para a primeira dose (53% dessas doses recebidas apenas nesta segunda quinzena de março) e 344.180 para a segunda. Ao todo, foram feitas a primeira dose em 205.770 trabalhadores de saúde; 24.955 povos indígenas aldeados; 10.347 em comunidades quilombolas; 6.147 idosos em Instituições de Longa Permanência; 50.113 idosos de 64 a 69 anos; 297.766 idosos de 70 a 79 anos; 94.504 idosos de 80 a 84 anos; 85.032 idosos a partir de 85 anos; além de 892 pessoas com deficiência institucionalizadas.

Em relação à segunda dose, já foram beneficiados 159.514 trabalhadores de saúde; 24.155 povos indígenas aldeados; 22 em comunidades quilombolas; 4.409 idosos institucionalizados; 55 idosos de 64 a 69 anos; 14.818 idosos de 70 a 79 anos; 21.866 idosos de 80 a 84 anos; 4.471 idosos a partir de 85 anos, além de 661 pessoas com deficiência institucionalizadas; totalizando 229.971 pessoas que já finalizaram o esquema.

Entre os grupos prioritários deste momento, já atingiram a meta de imunizar, no mínimo, 90% do público com a primeira dose: idosos entre 75 e 79 anos (97%), idosos a partir dos 85 anos (113%), idosos em instituições de longa permanência (249%), população indígena aldeada (93%) e pessoa com deficiência institucionalizada (686%). Também já atingiram a meta para a segunda dose: idosos em instituições de longa permanência (179%), população indígena aldeada (90%) e pessoa com deficiência institucionalizada (508%).

“Precisamos lembrar que são necessárias duas doses para que o indivíduo fique protegido. É importante que cada um fique atento ao prazo para finalizar seu esquema vacinal corretamente, de acordo com o tipo de vacina que tomou”, destacou a superintendente de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde, Ana Catarina de Melo. 

De acordo com a gestora, a aplicação das doses com rapidez, após a chegada ao Estado, é resultado de um bom trabalho de estratégia pelo Sistema Único de Saúde (SUS).”Precisamos comemorar as mais de 1 milhão de doses já aplicadas em todas as regiões pernambucanas O Estado tem feito todo o esforço logístico para entregar em tempo recorde os lotes que são encaminhados pelo Ministério da Saúde a todas as cidades. Os municípios também estão mostrando a força e importância do SUS ao lançarem mão de diversas estratégias para proteger todos aqueles que estão contemplados na campanha. Pernambuco sempre foi destaque nacional quando o assunto é vacinação e tem expertise para imunizar muita gente em pouco tempo. Esperamos que as vacinas, que são adquiridas pelo Governo Federal, continuem chegando rotineiramente e em maior quantidade para que possamos avançar e beneficiar toda a população inclusa nos grupos prioritários, evitando, principalmente, mais casos graves e óbitos pela Covid-19″, afirmou. 

A aposentada Maria Eronides Lima, de 69 anos, está inclusa entre as pessoas que já iniciaram a vacinação contra a Covid-19 no Estado. Ela compareceu no horário agendado para tomar a sua primeira dose no Centro de Vacinação localizado no Geraldão (Ginásio de Esportes Geraldo Magalhães), no Recife, e falou sobre a marca atingida pelo Estado. “É uma marca muito importante. Mas tenho certeza que muita gente ainda precisa vir se vacinar”, alertou a aposentada, reforçando que todos os contemplados devem procurar a imunização.

O casal de aposentados Maria José Freire e Aguinaldo Alves, de 75 anos, também comemorou a aplicação da segunda dose do imunizante. “Estava esperando esse momento de felicidade. Precisamos agradecer ao SUS, aos nossos profissionais de saúde, que trabalham muito, e aos nossos governantes. Estamos achando (o processo de vacinação) excelente. Pernambuco está de nota dez. Agora, queremos que todos sejam vacinados também”, reforçou Maria José. Apenas nesta terça-feira (30), estavam agendados no Geraldão mais de 1 mil pessoas, entre o drive-thru e o centro de vacinação.