Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Profissionais de saúde do Recife que já receberam segunda dose devem voltar aos trabalhos

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

Servidores que não cumprirem a determinação poderão ser submetidos a medidas administrativas

Profissionais de saúde que atuam na rede de assistência do Recife e já tomaram as duas doses de vacina contra a Covid-19 devem retornar ao trabalho. A determinação entrou em vigor neste sábado (17) diante da publicação de uma portaria no Diário Oficial do município. Os servidores que não cumprirem a determinação poderão ser submetidos a medidas administrativas, exceto grávidas e pessoas diagnosticadas com HIV.

Um dos motivos para mandar que os trabalhadores voltem a ocupar seus postos foi o estado de calamidade pública causado pela pandemia. A Prefeitura alega que a presença desses profissionais é necessária devido à importância de cuidar do servidor, e, ao mesmo tempo, recompor “com agilidade a força de trabalho para a manutenção da prestação dos serviços de saúde”. A portaria foi assinada pela secretária municipal de Saúde, Luciana Albuquerque. 

Ao retomar suas funções, os servidores deverão entregar cópia do cartão de imunização, comprovando o esquema vacinal contra a Covid-19, no setor de Gestão de Pessoas da unidade de lotação. O trabalhador que se recusar a ser imunizado deverá assinar um termo de responsabilidade. Em março, o governo de Pernambuco também determinou a volta ao trabalho presencial de funcionários do setor estadual de saúde, após a vacinação com duas doses.